Conjunto Ulisses Guimarães será revitalizado e passará por intervenção urbanística

Os moradores estão participando de reuniões para conhecer detalhes do projeto

Comentar
Compartilhar
19 DEZ 201312h47

Um sonho antigo dos 480 moradores do Conjunto Ulisses Guimarães - Morrinhos, está prestes a se tornar realidade: reforma, regularização e escritura dos imóveis. Na noite desta terça-feira (17), a Prefeitura de Guarujá, Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano – CDHU, e Legislativo participaram da primeira das três reuniões marcadas com os moradores para a apresentação do projeto de intervenção urbanística, que será realizado no local. A primeira reunião envolveu cerca de 100 moradores do Bloco A, na Escola João Oliveira (Rua Manoel Vicente de Brito s/n – Morrinhos).

As reuniões prosseguem hoje (18), a partir das 19 horas, com os moradores do Bloco B e na serão encerradas na quinta-feira (19), com os moradores do Bloco C.

As intervenções urbanísticas vão custar R$ 9 milhões e serão custeadas pelo CDHU, após a conclusão das mesmas será possível conseguir o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros - AVCB, por esse motivo, algumas garagens construídas pelos moradores terão de ser demolidas, conforme determinação judicial. No local serão construídos muros e serão ofertadas mais 284 vagas para estacionamento, além de área de lazer e esporte para crianças, jovens e adultos.

Na avaliação do secretário de habitação, Carlos Alberto Soarez de Souza, foi bastante positiva e esclarecedora essa primeira reunião com os moradores do conjunto: “foi muito bom, houve os questionamentos e os esclarecimentos. Também foi importante a criação de uma comissão de moradores para acompanhar as obras”, disse.

O gerente regional do CDHU Luiz Carlos Rachid elogiou a postura dos moradores e lembrou que a participação da comunidade é essencial para o êxito do projeto de reurbanização do conjunto. “Foi muito bom. As pessoas participaram e expuseram suas dúvidas, com certeza vamos avançar e regularizar o conjunto”, afirmou.

Os moradores ficaram confiantes de que as melhorias vão valorizar os imóveis. “Eu tenho uma garagem que terá de ser demolida, mas se for para melhorar para todos eu concordo com as melhorias”, disse o serralheiro e morador Leonardo Zacarias.

A opinião é endossada pelo mecânico Eduardo Bueno dos Santos, que disse que foi o segundo morador há chegar no conjunto “tem muitas coisas que precisam ser melhoradas, mas estou de pleno acordo com as obras que serão feitas”.

Prefeitura e CDHU - A prefeita Maria Antonieta de Brito esteve reunida recentemente com o gerente Regional da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Estado de São Paulo (CDHU) na Baixada Santista, Luiz Carlos Rachid. Na ocasião, foi alinhado o cronograma de execução das obras no Conjunto Ulisses Guimarães (Morrinhos), e também de outros equipamentos que estão a cargo da CDHU na Cidade.

A prefeita afirma que a obra será uma grande conquista para os moradores, pois os apartamentos foram entregues há mais de 20 anos, sem as mínimas condições urbanísticas, o que trouxe muitos problemas: “É muito importante essa conquista para a qualidade da vida das pessoas, e essas melhorias são uma reivindicação antiga dos moradores, que eu acompanho desde o começo”, disse a prefeita na reunião realizada com representantes do CDHU, em seu gabinete.

Após a conclusão das obras os imóveis estarão totalmente revisados e revitalizados o que permitirá a regularização e as escrituras dos mesmos.