Começa hoje a 20ª Intermodal South America

Segunda maior feira do setor de logística, transporte de cargas e comércio exterior do mundo deve receber 50 mil visitantes durante os três dias de evento

Comentar
Compartilhar
01 ABR 201410h46

A vigésima edição do segundo maior evento do mundo para os setores de logística, transporte de cargas e comércio exterior, a Intermodal South America, começa nesta terça-feira no Transamerica Expo Center, em São Paulo. Mais de 50 mil visitantes são esperados durante os três dias da feira, já consagrada como uma das mais importantes plataformas para a geração de novos negócios e networking entre representantes de governos, especialistas, empresários e embarcadores de carga, que representam 65% do público estimado.

Em 2014, o evento soma mais de 36 mil m², com mais de 600 marcas expositoras, originárias de 20 países. “Nos últimos 20 anos, a Intermodal tem acompanhando a modernização e o desenvolvimento do mercado, que está cada vez mais competitivo. Diversificamos nosso portfólio de serviços e sempre buscamos parcerias para que as discussões geradas nas Conferências agreguem novos direcionamentos e para que o resultado dos expositores seja potencializado”, destaca o gerente da Feira, Ricardo Barbosa.

No último ano, a Feira registrou seu mais alto índice de ROI (return on investment). Entre as empresas participantes mais de 65% fecharam negócios durante o evento. “Vivemos um momento de grande expectativa para o setor, já que inúmeros investimentos foram anunciados recentemente. A feira é, mais do que nunca, referência e deixou de ser meramente expositiva para se tornar um ambiente propício aos negócios”, completa Barbosa. A afirmativa é compartilhada pelas empresas parceiras. “É uma oportunidade para tratarmos de diversos temas do segmento logístico. Além disso, durante o encontro serão apresentadas as novidades sobre as plataformas, que podem cooperar para o crescimento da competitividade das empresas que operam no País”, corrobora o diretor da área de Consultoria da Deloitte, Ricardo Ono.

Entre os mais de 600 expositores da Intemodal 2014 estão corporações de todos os segmentos da logística, tais como operadores, desenvolvedores de softwares, companhias docas, terminais portuários, aeroportos, EADIs, condomínios logísticos, armadores, transportadoras rodoviárias, aéreas, ferroviárias, além de diversos outros representantes de todos os elos da cadeia de distribuição. Destes, 10% participam pela primeira vez da Feira.

A presença de empresas internacionais na Intermodal reafirma seu potencial estratégico para os negócios. São 28 países representados (Argentina, Bahamas, Brasil, Chile, China, Colômbia, Curaçao, Emirados Árabes, Espanha, Finlândia, Estados Unidos, França, Índia, Inglaterra,Japão, México, Namíbia, Panamá, Peru, Portugal, Suíça, Tailândia, Turquia e Uruguai) além de pavilhões exclusivos da Bélgica, Itália, Alemanha e Holanda, e a presença de mais de 42 portos, nacionais e internacionais, que traduzem o que há de mais moderno na atividade portuária mundial. “É uma grande oportunidade de discutir os rumos dos portos brasileiros com a iniciativa privada, o setor representativo e gestores públicos, em um evento de qualidade comprovada”, atesta o diretor presidente da Codesp, Renato Barco.

Conferências

Os painéis que compõem as conferências foram formatados em parceria com entidades especializadas do setor, como o Inbrasc (Instituto Brasileiro de Supply Chain), o Centronave (Centro Nacional de Navegação) e a Abtra (Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados).  A conferência Intermodal Ports & Maritime Summit abre o primeiro dia da Feira e trará discussões sobre a infraestrutura do sistema portuário e seus acessos, os desafios para a próxima década, além de cases e projetos voltados à modernização e otimização do setor.

No segundo dia, a partir das 9h, será debatido o “Novo Código Comercial Marítimo” e como tais mudanças de direitos e obrigações de embarcadores, companhias marítimas e prestadores de serviços no âmbito portuário. A tarde será a vez do painel “Comércio Internacional, Logística e Assimetrias”. Em parceria com  o Inbrasc, a conferência “Innovative Supply Chain” abre os encontros do dia 3 de abril, às 09 horas, e irá discutir a cadeia de fornecimento e suprimento, além da logística reversa.  Fechando o programa de conferências, o sexto painel acontece às 14h e aborda uma visão comparativa entre os condomínios logísticos e as plataformas logísticas. Também dividido em duas sessões, o painel apresenta o conceito, a viabilidade e as razões para implantação e utilização de condomínios ou plataformas logísticas e de Zonas de Processamento de Exportação (ZPE).