Birdman vence o Oscar de melhor filme

Eddie Redmayne (melhor ator), Julianne Moore (melhor atriz) e Alejandro G. Iñárritu (melhor diretor - Birdman) foram os principais premiados da noite

Comentar
Compartilhar
23 FEV 201502h53

Às 2h05 da madrugada do dia 23 de fevereiro, horário de Brasília, "Birdman" foi anunciado o melhor filme do ano na festa do Oscar. Indicado a nove estatuetas, o longa faturou quatro (melhor filme, melhor fotografia para Emmanuel Lubezki, melhor roteiro original e melhor diretor para Alejandro G. Iñárritu).

A 87ª cerimônia do Oscar, realizada no Dolby Theatre de Los Angeles, foi marcada por surpresas nas premiações, mas também pela confirmação de favoritos que venceram. Promovida pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, a festa do Oscar foi transmitida para 100 países. O ator Neil Patrick Harris foi o mestre de cerimônias.

Birdman faturou quatro estatuetas, mas o favorito Michael Keaton não levou o Oscar de melhor de ator (Foto: Divulgação)

"O Grande Hotel Budapeste", que já havia empatado com "Birdman" no número de indicações, também levou quatro prêmios, mas nas categorias melhor figurino, melhor cabelo e maquiagem, melhor desenho de produção e melhor trilha sonora original.

Veja o vídeo do Cinema DL sobre o Oscar 2015:


Eddie Redmayne foi o vencedor do Oscar de melhor ator por "A Teoria de Tudo", filme sobre a vida do físico Stephen Hawking. Emocionado, ele dedicou o prêmio à família Hawking e a todas as pessoas portadoras da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Redmayne foi aplaudido de pé. Não foi dessa vez que o veterano Michael Keaton, que era favorito nesta categoria, foi premiado.

Eddie Redmayne foi o vencedor do Oscar de melhor ator interpretando o físico Stephen Hawking em

Já o Oscar de melhor atriz foi para a favorita Julianne Moore, por sua atuação no drama "Para Sempre Alice", onde interpreta uma mulher que descobre ser portadora de Alzheimer aos 50 anos de idade.

Patricia Arquette ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante por seu trabalho em "Boyhood" cuja produção durou 12 anos.

O Oscar de melhor ator coadjuvante foi para o veterano J.K. Simmons, por sua atuação em "Whiplash".

Julianne Moore vence o Oscar de melhor atriz por seu papel em

Canção Original

A apresentação da canção original do filme Selma, "Glory", com um clipe exibindo cenas do longa, foi um dos momentos de emoção geral na cerimônia. O filme retrata a trajetória de Martin Luther King e a marcha que marcou a luta contra o racismo há 50 anos. Indicada, "Glory" levou o Oscar de Melhor Canção Original.

Documentário

Não deu para o Brasil. O documentário O Sal da Terra, sobre a vida do fotógrafo Sebastião Salgado, dirigido por seu filho, Juliano Salgado, era um dos indicados ao prêmio, mas quem venceu na categoria melhor documentário foi "Citizenfour". O filme, dirigido por Laura Poitras, descreve o escândalo de espionagem pela NSA e como se deram os encontros com Edward Snowden antes e depois de sua identidade ser revelada ao público.
 

The Sound of Music

A cantora Lady Gaga fez um belíssimo tributo à trilha sonora de "A Noviça Rebelde" (1959), composta por Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II. Canções inesquecíveis que encantam gerações como "The Sound of Music". O tributo antecedeu a entrada da atriz Julie Andrews, que deu vida à noviça mais espivitada e querida do cinema, no palco do Dolby Theatre, para anunciar o Oscar de melhor trilha sonora.

Veja a lista completa de indicados e vencedores do Oscar 2015:

Melhor ator coadjuvante

Edward Norton ("Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)")
Ethan Hawke ("Boyhood - Da Infância à Juventude")
J.K. Simmons ("Whiplash - Em Busca da Perfeição") - VENCEDOR
Mark Ruffalo ("Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo")
Robert Duvall ("O Juiz")

Melhor figurino

"O Grande Hotel Budapeste" - Milena Canonero - VENCEDOR
"Vício Inerente" - Mark Bridges
"Caminhos da Floresta" - Colleen Atwood
"Malévola" - Anna B. Sheppard e Jane Clive
"Sr. Turner" - Jacqueline Durran

Melhor cabelo e maquiagem

"Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo"
"O Grande Hotel Budapeste" - Frances Hannon, Mark Coulier  - VENCEDOR
"Guardiões da Galáxia"

Melhor filme estrangeiro

"Relatos Selvagens" (Argentina")
"Ida" (Polônia) - VENCEDOR
"Leviatã" (Rússia)
"Tangerines" (Estônia)
"Timbuktu" (França/Mauritania)

Melhor curta de ficção

"Aya" - Oded Binnun e Mihal Brezis
"Boogaloo and Graham" - Michael Lennox e Ronan Blaney
"Butter Lamp (La Lampe Au Beurre De Yak)" - Hu Wei e Julien Féret
"Parvaneh" - Talkhon Hamzavi e Stefan Eichenberger
"The Phone Call" - Mat Kirkby e James Lucas - VENCEDOR

Melhor documentário curta-metragem

"Crisis Hotline: Veterans Press 1" - Ellen Goosenberg Kent e Dana Perry - VENCEDOR
"Joanna" - Aneta Kopacz
"Our Curse" - Tomasz Sliwinski e Maciej Slesicki
"The Reaper (La Parka)" - Gabriel Serra Arguello
"White Earth" - J. Christian Jensen

Melhor mixagem de som

"Sniper Americano"
"Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)"
"Interestelar"
"Invencível"
"Whiplash: Em Busca da Perfeição" - VENCEDOR

Melhor edição de som

"Sniper Americano" - Alan Robert Murray, Bub Asman - VENCEDOR
"Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)"
"O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos"
"Interestelar"
"Invencível"

Melhor atriz coadjuvante

Patricia Arquette, "Boyhood - Da Infância à Juventude" - VENCEDOR
Keira Knightley, "O Jogo da Imitação"
Emma Stone, "Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)"
Meryl Streep, "Caminhos da Floresta"
Laura Dern, "Livre"

Melhores efeitos visuais

"Capitão América 2: O Soldado Invernal"
"Planeta dos Macacos: O Confronto"
"Guardiões da Galáxia"
"Interestelar" - VENCEDOR
"X-Men: Dias de um Futuro Esquecido"

Melhor curta de animação

"The Bigger Picture" - Daisy Jacobs e Christopher Hees
"The Dam Keeper" - Robert Kondo e Dice Tsutsumi
"O Banquete" - Patrick Osborne e Kristina Reed - VENCEDOR
"Me and My Moulton" - Torill Kove
"A Single Life" - Joris Oprins

Melhor longa de animação

"Operação Big Hero" - Don Hall, Chris Williams e Roy Conli - VENCEDOR
"Os Boxtrolls" - Anthony Stacchi, Graham Annable e Travis Knight
"Como Treinar o Seu Dragão 2" - Dean DeBlois e Bonnie Arnold
"Song of the Sea" - Tomm Moore e Paul Young
"O Conto da Princesa Kaguya" Isao Takahata e Yoshiaki Nishimura

Melhor desenho de produção
"O Grande Hotel Budapeste" - Adam Stockhausen e Anna Pinnock - VENCEDOR
"O Jogo da Imitação" - Maria Djurkovic e Tatiana Macdonald
"Interestelar" - Nathan Crowley e Gary Fettis
"Caminhos da Floresta" - Dennis Gassner e Anna Pinnock
"Sr. Turner" - Suzie Davies e Charlotte Watts

Melhor fotografia

Emmanuel Lubezki - "Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)" - VENCEDOR
Robert Yeoman - "O Grande Hotel Budapeste"
Lukasz Zal e Ryszard Lenczewski - "Ida"
Dick Pope - "Sr. Turner"
Roger Deakins - "Invencível"

Melhor edição

"Sniper Americano" - Joel Cox e Gary D. Roach
"Boyhood - Da Infância à Juventude" - Sandra Adair
"O Grande Hotel Budapeste" - Barney Pilling
"O Jogo da Imitação" - William Goldenberg
"Whiplash - Em Busca da Perfeição" - Tom Cross - VENCEDOR

Melhor documentário

"O Sal da Terra"
"Citizenfour" - VENCEDOR
"A Fotografia Oculta de Vivian Maier"
"Last Days in Vietnam"
"Virunga"

Melhor canção original

"Everything Is Awesome", Shawn Patterson ("Uma Aventura Lego")
"Glory", by John Stephens e Lonnie Lynn ("Selma") - VENCEDOR
"Grateful", Diane Warren ("Além das Luzes")
"I'm Not Gonna Miss You", Glen Campbell e Julian Raymond ("Glen Campbell… I'll Be Me")
"Lost Stars", Gregg Alexander e Danielle Brisebois ("Mesmo Se Nada Der Certo")

Melhor trilha sonora original

"O Grande Hotel Budapeste" - Alexandre Desplat - VENCEDOR
"O Jogo da Imitação" - Alexandre Desplat
"Interestelar" - Hans Zimmer
"Sr. Turner" - Gary Yershon
"A Teoria de Tudo" - Jóhann Jóhannsson

Melhor roteiro original

Wes Anderson, "O Grande Hotel Budapeste"
E. Max Frye e Dan Futterman, "Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo"
Alejandro González Inarritu, Nicolas Giacobone, Alexander Dinelaris, Armando Bo, "Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)" - VENCEDOR
Richard Linklater, "Boyhood - Da Infância à Juventude"
Dan Gilroy, "O Abutre"

Melhor roteiro adaptado

Jason Hall, "Sniper Americano"
Graham Moore, "O Jogo da Imitação" - VENCEDOR
Paul Thomas Anderson, "Vício Inerente"
Anthony McCarten, "A Teoria de Tudo"
Damien Chazelle, "Whiplash: Em Busca da Perfeição"

Melhor direção

Alejandro G. Iñárritu - "Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)" - VENCEDOR
Richard Linklater - "Boyhood - Da Infância à Juventude"
Bennett Miller - "Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo"
Wes Anderson - "O Grande Hotel Budapeste"
Morten Tyldum - "O Jogo da Imitação"

Melhor ator

Steve Carell ("Foxcatcher: Uma História que Chocou o Mundo")
Benedict Cumberbatch ("O Jogo da Imitação")
Michael Keaton ("Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)
Eddie Redmayne ("A Teoria de Tudo") - VENCEDOR
Bradley Cooper ("Sniper Americano")

Melhor atriz

Marion Cotillard ("Dois Dias, uma Noite")
Felicity Jones ("A Teoria de Tudo")
Julianne Moore ("Para Sempre Alice") - VENCEDOR
Reese Witherspoon ("Livre")
Rosamund Pike ("Garota Exemplar")

Melhor filme

"Sniper Americano"
"Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância)" - VENCEDOR
"Boyhood - Da Infância à Juventude"
"O Grande Hotel Budapeste"
"O Jogo da Imitação"
"Selma"
"A Teoria de Tudo"
"Whiplash - Em Busca da Perfeição"