Bate em chico...

Comentar
Compartilhar
10 MAI 2017Por Da Reportagem00h00

Ao comentar sobre um requerimento do vereador Benedito Furtado (PSB), que questionou os excessos da Polícia Militar em Santos durante a greve geral do último dia 28, o vereador Sergio Santana (PR) disse não defender o excesso, mas que toda ação tem uma reação, e que também deveriam ser apurados também o desacato a autoridade, o dano material público, privado e a baterna que foi feita por algumas pessoas. “O pau que bate em Chico, tem que bater em Francisco”, falou o parlamentar, que logo pediu desculpa ao vereador Chico Nogueira (PT) pela referência.