X

Ao comentar sobre um requerimento do vereador Benedito Furtado (PSB), que questionou os excessos da Polícia Militar em Santos durante a greve geral do último dia 28, o vereador Sergio Santana (PR) disse não defender o excesso, mas que toda ação tem uma reação, e que também deveriam ser apurados também o desacato a autoridade, o dano material público, privado e a baterna que foi feita por algumas pessoas. “O pau que bate em Chico, tem que bater em Francisco”, falou o parlamentar, que logo pediu desculpa ao vereador Chico Nogueira (PT) pela referência.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Filho de Lula é assaltado e menores levam celular de mais de R$ 3 mil

No entanto, policiais que estavam em patrulhamento de rotina se depararam com o grupo e capturaram os adolescentes

Cotidiano

Mega-Sena sorteia R$ 53 milhões neste sábado (21)

Primeiro sorteio da +Milionária será no próximo dia 28

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software