Automotor - Jeep Compass apresenta linha renovada para continuar na liderança - 9 de maio de 2021

Por: Daniel Dias / AutoMotrix

Alguns dos principais lançamentos do ano – como o Toyota Corolla Cross, o Volkswagen Taos, o Ford Bronco e o Caoa Chery Tiggo 7 Pro – têm como objetivo abalar a isolada liderança do Jeep Compass no segmento de utilitários esportivos médios. Atenta aos movimentos da concorrência, a Jeep estreia no Compass linha 2022 o motor T270 – já apresentado na nova Fiat Toro –, com os maiores torque e potência entre os propulsores flex produzidos no Brasil, além de baixo consumo de combustível e reduzido nível de emissões de poluentes. O T270 entra na gama Compass sempre integrado ao câmbio automático de 6 velocidades, com potência de 185 cavalos a 5.750 rotações por minuto e torque de 270 Nm (alusivo ao nome do motor) ou 27,5 kgfm a 1.750 giros. Segundo a marca norte-americana pertencente ao Grupo Stellantis (união da FCA com a PSA), com o propulsor com bloco de alumínio e injeção direta de combustível, o Compass acelera de zero a 100 km/h em 8,8 segundos. O T270 traz a terceira geração do MultiAir, que tem o controle das válvulas ainda mais flexível e com mais eficiência de combustível nas condições de alta carga, quando mais se deseja desempenho do veículo.

Nas configurações a diesel, o modelo produzido desde 2016 no Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE), traz a nova versão do TD350 TurboDiesel com 170 cavalos de potência e 35,5 kgfm de torque, com a antecipação do atendimento às normas do Proconve L7, previstas apenas para janeiro de 2022, reduzindo em 85% as emissões de óxido de nitrogênio na natureza. Tem ainda o sistema SCR de pós-tratamento de gases de escape. Com isso, é necessário o uso do aditivo Arla32, com autonomia de 10 mil quilômetros. O motor TD350 mantém seu baixo consumo de combustível (10,3 km/l na cidade e 13,5 km/l na estrada) e autonomia de mais de 800 quilômetros com tanque de 60 litros. Todas as versões TurboDiesel têm sistema de tração 4x4 Jeep Active Drive Low e câmbio automático de 9 velocidades com “paddles shifts” para trocas sequenciais, seletor de terrenos, que permite distribuir o torque de forma seletiva entre os eixos e HDC (Hill Descent Control) – auxilia o motorista em descidas íngremes durante percursos off-road.

As novidades da nova linha não ficam apenas sob o capô. O Compass está mais conectado, com tecnologias inéditas e atualizações na estética, com mudanças por fora e por dentro. Externamente, traz um novo para-choque dianteiro, novas rodas para todas as versões, lanternas, pintura das partes plásticas, faróis Full-LED com assinatura em leds e auxiliares de neblina com a mesma tecnologia. Entre as novidades internas, o Compass tem quadro de instrumentos full digital e HD de 10,25 polegadas para as versões Limited, Trailhawk e Série S (existem ainda a de 3,5 polegadas na Sport e a de 7 polegadas na Longitude e na 80 Anos). Totalmente digital, o novo quadro de instrumentos tem maior tela de LCD, nova tecla “Home” com comando na direção, que facilita a navegação do usuário, a capacidade de renderização de imagem 3D do veículo, a possibilidade de alteração de tema em modo digital ou analógico e a personalização de menus favoritos com até cinco opções. Seguem novos volante, painéis de porta, centrais multimídia de até 10,1 polegadas, console central, painel de instrumentos e mais espaço para porta-objetos. Estão disponíveis três opções de cores para acabamento interno: Preto, Marrom Arizona e a nova Cinza Steel (exclusiva para as versões Longitude e Série S).

De acordo com a Jeep, a linha 2022 tem uma nova central multimídia com maior capacidade de processamento e armazenamento de dados. Com tela de 10,1 polegadas Full-HD presente em praticamente em todas as versões (com exceção da Sport, de entrada), tem navegação embarcada de série e espelhamento para Android Auto e Apple CarPlay por meio de conexão sem fio, plataforma de serviços da Jeep, a Adventure Intelligence by Jeep Connect, que na configuração Plus traz todos os “features” já apresentados no Renegade, somando funcionalidades exclusivas. São elas o localizador de estacionamento e de posto de combustível, o Send & Go – o usuário pode pesquisar algum ponto de interesse (como restaurantes, estacionamentos e outros estabelecimentos) pelo celular enquanto ainda está em casa e enviá-lo para a navegação no veículo –, o Last Mile Navigation – envia do sistema de navegação para o aplicativo móvel o último endereço salvo – e o Remote Start, no qual é possível ligar o Compass pelo celular ou por dispositivos com assistente de voz, como a Alexa, para deixar a temperatura interna no ponto desejado.

Às tecnologias de conveniência se aliam as assistências à direção, como o controle de velocidade adaptativo, os alertas de colisão com frenagem automática e de mudança de faixa, o Park Assist e o farol alto automático. Na linha 2022, três novas funções foram incluídas de fábrica na Série S e como opcional nas versões Limited e Trailhawk: frenagem de emergência para pedestres, ciclistas ou motociclistas, detector de fadiga do motorista e reconhecimento de placas de trânsito e de limites de velocidade. Ainda no quesito segurança, o novo Compass traz além das tradicionais bolsas de ar frontais para motorista e passageiro, airbags laterais e de cortina. No total, são seis airbags de série nas versões Sport, Longitude e 80 Anos e sete na Limited, Trailhawk e Série S (o adicional é para os joelhos do motorista). Uma das novidades entre as funções de série na linha 2022 do Compass é o Jeep Traction Control +, disponível para todas as versões Turbo Flex. O sistema aplica torque de frenagem na roda que está escorregando e transfere, pelo diferencial, a tração para outra roda em contato com o piso. Para habilitar a função, basta que o motorista pressione a tecla “ASR OFF”.

O novo Compass está disponível nas novas cores Cinza Sting nas versões Trailhawk e Série S, e Cinza Granite para a Sport, a Limited, a Longitude, a Série 80 Anos e a Trailhawk. Além dessas, seguem com as opções Branco Polar, Prata Billet, Marrom Deep, Verde Recon, Preto Carbon e Azul Jazz. A gama completa de versões Compass tem preços para todo o Brasil (com valores diferenciados para os Estados de São Paulo e Paraíba). A versão Sport T270 parte de R$ 139.990 (SP: R$ 144.647, PB: 144.046), a Longitude sai de T270 R$ 154.990 (SP: R$ 160.146, PB: R$ 159.481), a 80 Anos T270 custa R$ 162.990 (SP: R$ 168.412, PB: R$ 167.713), a Limited T270 sai de R$ 176.990 (SP: R$ 182.878, PB: R$ 182.118), a Série S T270 custa R$ 187.990 (SP: R$ 194.244, PB: R$ 193.437), a Longitude TD350 sai de R$ 196.990 (SP: R$ 203.630, PB: R$ 204.767), a 80 Anos TD350 custa R$ 204.990 (SP: R$ 211.900, PB: R$ 213.083), a Limited TD350 sai de R$ 216.990 (SP: R$ 224.304, PB: R$ 225.556) e a Trailhawk TD350 tem preço de R$ 216.990 (SP: R$ 224.304, PB: R$ 225.556).