Automotor - Honda Naked bem temperada

A Honda CB 650R, substituta da Hornet, mostra seus predicados na estrada e na cidade

Comentar
Compartilhar
24 JAN 2021Por Da Reportagem08h44
Honda CB 650R NakedFoto: DIVULGAÇÃO

Por Sérgio Soares, da AutoMotrix

A CB 650R desembarcou ao Brasil em 2014 para substituir a saudosa Hornet e investiu em aprimoramentos para se tornar um modelo mais dócil no uso cotidiano. A CB 650R incorporou o conceito de design Neo Sports Café apresentado na CB 1000R e que mistura formas minimalistas com o clássico do farol circular em uma versão moderna, formada por led. A CBR 650R é oferecida nas cores azul, vermelho e prata na CB 650R. O preço público sugerido é de R$ 42.630, com frete não incluso.

A base da CB 650R é o motor de 4 cilindros e 649 cc, que entrega 88,4 cavalos de potência a 11.500 rpm e 6,13 kgfm de torque a 8.000 rpm. Com alterações nos pistões e das câmaras de combustão para entregar mais torque em baixas e médias rotações, o propulsor também teve mudanças no sistema de distribuição. A embreagem agora passou a ser assistida e deslizante, que evita travamento da roda traseira em reduções radicais. A suspensão dianteira vem com garfo invertido Showa SFF. Na traseira, a suspensão segue o conceito monomortecido regulável na pré-carga em 7 posições. Os freios são a disco do tipo flutuante na dianteira, com quatro pistões fixados radialmente. As rodas levam pneus 120/70 ZR17 na dianteira e 180/55 ZR17 na traseira.

Com farol, piscas e luz de freio em led, a visibilidade na estrada é correta. O painel está inteiramente digital e multicolor e orienta o piloto sobre o melhor momento para a passagem das marchas a partir dos modos de cores do painel. Dois pontos fortes do modelo são a suspensão invertida e o amortecimento. Aliado aos avanços na suspensão, a Honda dotou a CB650R com controle de torque que monitora a aceleração da motocicleta e oferece maior tração.

A Honda equipou a CB650R com freios ABS nas duas rodas e com uma tecnologia que alerta o motorista que esteja atrás do motociclista sobre uma frenagem brusca quando, além da luz de freio, é acionado também o pisca-alerta da moto. Na roda dianteira, o freio está montado com duas pinças de dois pistões e possui disco flutuante, o que aumenta a sensibilidade na frenagem, superando expectativas até quando rodando em superfícies de baixa aderência

 
  • A CB 650R incorporou o design Neo Sports Café, que mistura formas minimalistas com o clássico farol circular em uma versão moderna, com led
  • O painel da Honda CB 650R é inteiramente digital e multicolor, orientando o piloto sobre o melhor momento para a passagem das marchas