Argumentos não faltam

Comentar
Compartilhar
17 JUN 2016Por Da Reportagem00h00

Já a votação da legalização dos jogos de azar promete ser breve, pois é uma das cartadas do Governo em relação à Previdência. O projeto já está pronto para ser votado tanto na Câmara quanto no Senado. Até as centrais sindicais, menos a CUT, apostam na aprovação da legalização dos jogos de azar, uma vez que utilizam o mesmo argumento do Governo de que seus rendimentos ajudariam a subsidiar a Previdência. A ideia é promover o aumento na arrecadação para que se evite mudanças bruscas.