Após polêmica com assistente e zagueiro, croatas esperam apoio dos russos

O caso gerou advertência da Fifa e multa de 15 mil francos suíços (R$ 57 mil) para Vukojevic e seu afastamento da seleção pela Federação Croata

Comentar
Compartilhar
10 JUL 2018Por Folhapress18h50
A Croácia eliminou a dona da casa, RússiaA Croácia eliminou a dona da casa, RússiaFoto: Divulgação/Fifa

No último sábado (7), após a classificação contra a Rússia o zagueiro Domagoj Vida e o assistente Ognen Vukojevic postaram vídeo na rede social dedicando a vitória à Ucrânia.

O caso gerou advertência da Fifa e multa de 15 mil francos suíços (R$ 57 mil) para Vukojevic e seu afastamento da seleção pela Federação Croata. O assunto gerou polêmica na Rússia e irritação da imprensa local.

Mas nesta terça-feira (10), um dia antes da semifinal com a Inglaterra, os croatas disseram que esperam ter o apoio dos russos.

"Estamos gratos por toda a experiência aqui na Rússia. Cada passo que demos fomos recebidos com hospitalidade e carinho. Esperamos apoio das arquibancadas e isso nos motivará ainda mais. O futebol une as pessoas e somos agradecidos pela experiência aqui", disse o técnico Zlatko Dalic.

"Eu disse recentemente que este foi o melhor torneio que vi em termos de organização. Só posso agradecer à Rússia e espero que os russos nos apoiem. Nossas línguas tem algumas palavras parecidas", disse o zagueiro Dejan Lovren.