X

A recente nomeação da deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) para ministra do Trabalho foi obtida após uma reunião no Palácio do Jaburu entre Temer e o pai dela, o ex-deputado Roberto Jefferson, presidente nacional do partido e condenado pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do mensalão – em março de 2016, ele obteve o perdão da pena. Jefferson chorou ao fazer o anúncio. Assim como o presidente Temer, a ministra escolhe a dedo quem apoia, como a foto acima mostra. Vale lembrar Cristiane foi condenada em 2016 a pagar uma dívida trabalhista de R$ 60,4 mil a um motorista que prestava serviços para ela e para sua família

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Telhado do Clube Atlético Santista desaba e atinge funcionários; vídeo

Três pessoas se feriram no acidente. A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros

Cotidiano

Praia Grande recebe quarta edição do Meeting Arq Experience

Evento, que este ano tem entrada social, reúne grande nomes da arquitetura nacional abordando temas como marketing, empreendedorismo, sustentabilidade e inclusão

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software