X

“As pessoas são obrigadas a andar pelo meio da rua ao lado da linha do bonde, disputando espaço com carros, ônibus, caminhões, motos, bicicletas e também com o bonde”, afirma de Rosis. O local foi interditado após queda de uma placa e o vereador questiona o fato do equipamento cultural, que tem faturamento anual acima de R$ 200 mil, não destinar parte desta verba para sua recuperação.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cubatão

Prefeito de Cubatão anuncia a antecipação do 13º para servidores locais

O pagamento serve para ativos, aposentados e pensionistas servidores público de Cubatão

Santos

Porto de Santos recebeu investimento de R$ 601 milhões em obras

Ministro da Infraestrutura marcou presença em suas inaugurações

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software