Mercado Naval está em busca de soluções

Empresas paulistas investem em inovação para desenvolver o segmento e ampliar competitividade

Comentar
Compartilhar
29 JUL 201411h32

As empresas paulistas voltadas à produção e fornecimento de soluções para a indústria naval e offshore estarão reunidas no próximo mês no Rio de Janeiro durante a Marintec South America - 11ª Navalshore. Elas representam mais de 20% da área de exposição do evento, que abrigará cerca de 380 marcas, nacionais e internacionais, entre os dias 12 e 14 de agosto no Centro de Convenções SulAmerica.

A estreante Aguz Marine é uma delas. Localizada em Diadema e com mais de duas décadas de experiência em construção de embarcações, é especialista em barcos compostos por fibra de vidro, kevlar e carbono que, além de resistentes, são mais leves e permitem o uso de motores menores, gerando economia na operação. A linha de série da Aguz Marine inclui embarcações de 26, 29 e 39 pés monocasco (podem atingir velocidades de até 40 nós ou trabalhar em regimes menores), além de catamarãs (casco duplo) de 55 e 63 pés.

Já a Sotreq, revendedora de equipamentos e serviços da Caterpillar e MaK, participou de todas as edições do evento, que acontece há 11 anos.  A empresa paulistana quadruplicou os resultados desde 2007 e espera crescer 15% em 2014, aproveitando o momento da indústria naval. “É uma oportunidade singular de, em curto espaço de tempo, ter contato com praticamente 100% do mercado marítimo do Brasil, sendo importante ferramenta de networking para nós”, afirma Rodrigo Feria, gerente de vendas do Mercado Marítimo da Sotreq.

A Sotreq, que revende equipamentos e serviços da Caterpillar, projeta um crescimento de 15% em 2014 (Foto: Divulgação)

Interior

Representado por empresas de cidades como Itatiba, Guarujá, Indaiatuba e Sorocaba, o interior do estado também está atento às oportunidades do setor. A jundiaiense Messer Cutting Systems do Brasil, investiu na fabricação de máquinas de corte de tiras metálicas com alto índice de automatização e atualmente possui contrato de fornecimento com o Estaleiro Jurong Aracruz, em construção no Espírito Santo. “Vemos várias outras oportunidades no setor de óleo e gás para 2014 e esperamos muitas outras chances de negócios em decorrência dos estaleiros para os quais já fornecemos máquinas de corte”, reafirmou o gerente de vendas, Roberto Gueraldo.