50% da frota de ônibus terá ar-condicionado até o fim do ano, em Santos

Vinte coletivos novos começam a circular nesta terça-feira (14) nas linhas 4, 7, 10, 17, 19, 23, 25, 30, 52, 77 e 101

Comentar
Compartilhar
13 OUT 201418h09

Metade da frota dos ônibus coletivos municipais de Santos terá ar-condicionado até o final do ano. A renovação está sendo feita gradualmente e já contava com 30 veículos climatizados. A partir desta terça-feira (14), mais 20 entram em circulação em 11 linhas diferentes, correspondendo a 17,5% dos ônibus.

Os 20 ônibus novos serão distribuídos entre as linhas 4, 7, 10, 17, 19, 23, 25, 30, 52, 77 e 101, atendendo a quase todos os bairros da Cidade.

Atualmente, a frota municipal possui 305 veículos, sendo que 286 estão em operação transportando uma média de 4,5 milhões de passageiros por mês, segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Segundo o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, que apresentou os novos ônibus ao meio-dia desta segunda-feira (13), na Praça Mauá, mais 100 coletivos serão substituídos nos próximos dois meses, totalizando 50% da frota climatizada.

“A população vai passar já a próxima temporada de verão com 50% da frota com ar-condicionado. Estamos implantando gradualmente os ônibus na Cidade, cumprindo o nosso compromisso com a qualidade do transporte”, afirmou Paulo Alexandre.

O presidente da Associação Pró Beneficência e Melhoramentos da Vila Alemoa, José Inácio Leite, aprovou a medida. “A linha 101 atende aos moradores da Alemoa até o Jardim São Manoel. Os trabalhadores que moram no bairro estão satisfeitos com a qualidade dos ônibus e, agora, com ar-condicionado melhora mais”.

Ônibus novos com ar-condicionado foram apresentados à imprensa (Foto: Luiz Torres/DL)

Apesar da renovação de metade da frota até dezembro, o prefeito reiterou que o valor da tarifa de ônibus será mantido congelado até março do ano que vem.

Quanto à substituição dos veículos restantes por novos com ar-condicionado vai depender do novo contrato de concessão do transporte coletivo. O prefeito adiantou que até o final deste ano deve dar início ao processo licitatório.

“Tudo está sendo objeto de estudo. Nós vamos publicar uma nova licitação do transporte coletivo conforme o compromisso estabelecido. Depois de muitos anos isso vai acontecer na Cidade. Vamos ao mercado analisar as melhores propostas das empresas que vão participar. Nós queremos melhorar a qualidade do transporte, mas não queremos aumentos expressivos na tarifa”, comentou o prefeito. 

Em maio do ano passado, a Prefeitura substituiu 30 veículos com ar-condicionado e wi-fi, que entraram em operação nas linhas 152, 154, 155 e 156. Em julho deste ano, 100% da frota passou a operar com internet grátis. Em Santos, a vida útil dos ônibus é de 2,4 anos.