X

Nacional

São Paulo tem piora na qualidade no ar; saiba mais

Segundo a Cetesb, a Capital apresentou alta de ozônio em 2024. Pinheiros apresentou um crescimento de 500%; veja

Da Reportagem

Publicado em 02/04/2024 às 18:30

Atualizado em 02/04/2024 às 18:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O ar paulistano está cada vez mais poluído, segundo a Cetesb / Diogo Moreira/Governo de São Paulo

O ar paulistano está cada vez mais poluído. Nos últimos três anos, a concentração de ozônio na Capital disparou em todas as estações de monitoramento da Companhia Ambiental do estado de São Paulo (Cetesb)

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

A Gazeta de S. Paulo fez um levantamento que mostra a situação atual do ar de São Paulo.

Qualidade do ar

Em fevereiro, 11 dos 15 bairros monitorados pela agência ambiental ligada ao Governo do Estado apresentaram condição “moderada” de poluição para o ozônio.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O problema fica mais evidente quando se observa que sete das 15 estações espalhadas pela cidade de São Paulo indicaram qualidade do ar “ruim” ao longo do mês.

Pinheiros liderou o ranking com um aumento de 500% desde 2021; confira o levantamento sobre poluição na Capital.

Prejuízos na saúde

A Cetesb possui um ranking que mede a qualidade do ar indo de bom a péssimo.

Essa metrificação é feita por meio da contabilização de partículas inaláveis (MP10), partículas inaláveis finas (MP2,5), fumaça (FMC), ozônio (O3), monóxido de carbono (CO), dióxido de nitrogênio (NO2) e dióxido de enxofre (SO2).

Cada nível, exceto o bom, apresenta um risco à saúde, principalmente para a população que apresenta problemas respiratórios e cardíacos. Saiba mais sobre os problemas causados pela poluição do ar.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PROTESTOS

Jogadoras protestam contra retorno de treinador acusado de assédio ao Santos

Kleiton Lima havia deixado o cargo em setembro de 2023, após ser acusado de assédio sexual e moral por 19 jogadoras; Santos recontratou profissional nesta terça

Esportes

Preparo físico sem lado mental não garante sucesso esportivo, afirma especialista

Psicológico é um ponto-chave nos Jogos Olímpicos de Paris

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter