ELEIÇÕES 2022

Ciro Gomes afirma que se eleito, não disputará reeleição em 2026

Em entrevista ao Jornal Nacional, o pedetista afirmou que a reeleição acabou com a governança no País

Gazeta de S. Paulo

Publicado em 24/08/2022 às 14:57

Comentar:

Compartilhe:

Ciro Gomes em entrevista no JN / Reprodução/ TV Globo

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, descartou nesta terça-feira (23) que disputará a reeleição daqui a 4 anos, caso vença as eleições deste ano. Em entrevista ao Jornal Nacional, o pedetista afirmou que a reeleição acabou com a governança no País.

O pedetista afirmou que pretende transformar a eleição deste ano em um “plebiscito programático” para discutir o país. A ideia, segundo ele, é governar por meio de plebiscitos e mudar a relação do presidente com o Congresso.

“Se a gente não chegar à conclusão de que este modelo é a certeza de uma crise eterna… Lula para cadeia, Dilma cassada, Collor cassado, FHC e o PSDB nunca mais disputaram uma eleição nacional e Collor cassado, e Bolsonaro desmoralizado agora. Minha proposta é transformar minha eleição não num voto pessoal, mas num plebiscito programático. Para que a gente discuta ideias.”

Ciro ainda bancou que, se for eleito, não disputará um segundo mandato presidencial quatro anos depois. Segundo o pedetista, a reeleição acabou com a governança no país.

“O que destruiu a governança política brasileira é a reeleição. O presidente se coloca infenso, com medo do conflito porque quer agradar todo mundo para fazer a reeleição. O presidente se vende a esses grupos picaretas da política brasileira (…) porque tem medo de CPI e porque querem se reeleger", afirmou o candidato do PDT.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Certame

Com salário de R$ 13 mil, concurso da Justiça Eleitoral inscreve só até quinta

O processo seletivo preencherá 412 vagas para 21 cargos efetivos dos quadros da Justiça Eleitoral e também formará cadastro de reserva

Violência

Presidentes dos EUA foram alvos de ataques ao longo dos séculos; veja aqui

Theodore Roosevelt e Ronald Reagan também foram atacados e sobreviveram

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter