Política

Bolsonaro compila casos de 'parcialidade' do TSE para possível ação em caso de derrota

Esses fatos poderão servir de base para a contestação do resultado; há a possibilidade de uma ação nos próximos dias junto ao próprio TSE

FolhaPress

Publicado em 02/10/2022 às 17:52

Compartilhe:

Bolsonaro em debate na Globo / Reprodução/ Globo

A campanha de Jair Bolsonaro (PL) está compilando episódios que mostrariam uma suposta parcialidade do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra o presidente durante o primeiro turno.

Esses fatos poderão servir de base para a contestação do resultado, em caso de derrota de Bolsonaro. Há a possibilidade de uma ação nos próximos dias junto ao próprio TSE.

Entre os exemplos de reveses sofridos pelo presidente estão a proibição de uso do Palácio da Alvorada para lives, a decisão que garantiu transporte público gratuito em algumas cidades e a ordem para veículos e perfis bolsonaristas removerem textos ligando Marcola, líder do PCC, a Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

No caso da ação sobre Marcola, a desconfiança de advogados de Bolsonaro é alimentada pelo fato de que a relatora do caso seria a ministra Cármen Lúcia.

Apesar disso, o presidente da corte, Alexandre de Moraes, decidiu chamar para si a questão, alegando urgência do tema.

Segundo o campo bolsonarista, isso mostra uma predisposição contrária ao presidente, dada a história entre ambos.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Veja quais foram os bairros com mais roubos de celular em Praia Grande; confira

Dados foram coletados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo

Cotidiano

Free Flow registra mil motoristas irregulares por dia; sistema atende Litoral de SP

Pesquisa foi feita em uma região que já opera com o novo modelo de pedágio

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter