X

EX-JOGADOR

Robinho pode cumprir pena no Brasil, diz Flávio Dino

Robinho e seu amigo Ricardo Falco foram condenados por estupro de uma jovem albanesa de 22 anos em janeiro de 2013 na Itália

Folhapress

Publicado em 18/01/2023 às 17:19

Atualizado em 18/01/2023 às 17:21

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Robinho, quando atuava pelo Milan, da Itália / Agência Brasil

O ministro da Justiça, Flávio Dino, disse em entrevista à rádio BandNews nesta quarta-feira (18) que o Brasil pode prender o ex-jogador Robinho por causa da condenação por violência sexual em grupo na Itália.

Robinho e seu amigo Ricardo Falco foram condenados por estupro de uma jovem albanesa de 22 anos em 22 de janeiro de 2013. Além dos dois, outros quatro suspeitos não foram julgados porque não foram identificados pela Justiça italiana.

Segundo Dino, "esse é um tema que inicialmente tramita pelo Ministério da Justiça e nós temos a Secretaria Nacional de Justiça, que é o órgão central de cooperação jurídica de relação internacional, que faz esse processamento";

Dino ressaltou que até o momento o caso ainda não chegou em suas mãos, também por causa dos ataques golpistas ocorridos em Brasília no último dia 8 de janeiro, quando bolsonaristas destruíram prédios federais na Praça dos Três Poderes, em Brasília.

O Ministério da Justiça da Itália havia feito o pedido de extradição ao governo brasileiro em outubro do ano passado, ainda sob a gestão Bolsonaro.

"O exame definitivo compete a questões jurídicas, não são questões políticas. A própria Constituição brasileira proíbe a extradição de cidadãos brasileiros natos. Mas, agora pode, em tese, haver esse cumprimento de pena, mas isso precisa ser examinado e isso efetivamente tramitar", afirmou Dino.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Saiba quantas calorias têm os seus lanches favoritos do McDonald´s

Informações foram retiradas do próprio site da rede de fast-food

Diário Mais

Mau presságio? Branqueamento de corais pode ser sinal da morte dos oceanos; entenda

Estruturas são a base do Oceano

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter