Brasil

Quero faz recall de extrato de tomate com pelo de roedor

O lote L 11 7:35 foi fabricado em dezembro de 2015 e tem validade até dezembro de 2017. As unidades já foram recolhidas das lojas em agosto de 2016, segundo a empresa

Estadão Conteúdo

Publicado em 03/03/2017 às 19:30

Comentar:

Compartilhe:

Os consumidores detentores das unidades devem entrar em contato pelo serviço de atendimento ao consumidor Quero / Divulgação

A Quero Alimentos informou nesta sexta-feira, 3, que está recolhendo as unidades do lote de extrato de tomate barrado pela Anvisa por conter "pelo de roedor acima do limite máximo de tolerância pela legislação vigente" que podem estar com consumidores. 

O lote L 11 7:35 foi fabricado em dezembro de 2015 e tem validade até dezembro de 2017. As unidades já foram recolhidas das lojas em agosto de 2016, segundo a empresa.

Os consumidores detentores das unidades devem entrar em contato pelo serviço de atendimento ao consumidor Quero por meio do número 0800 165858 ou pelo site www.quero.com.br para troca da unidade sem custos.

A empresa afirmou que nos últimos anos fez grandes investimentos em novas tecnologias para aumentar ainda mais a qualidade do tomate no campo e de seus produtos e que os rigorosos controles no processo produtivo garantem a eliminação de qualquer risco ou prejuízo à saúde.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Free Flow já registou mais de 600 mil multas em rodovia do Litoral de SP; entenda

Rio-Santos já conta com a trechos monitorados por novo sistema de cobrança

Cotidiano

Festas Juninas agitam o Litoral de SP neste fim de semana; veja programação

Na Baixada Santista, Praia Grande e Cubatão já planejam os maiores festejos desta tradicional época do ano

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter