Brasil

Prefeitura de SP diz que o circuito de blocos de rua são 'risco desnecessário'

O Acadêmicos do Baixo Augusta, um dos blocos mais tradicionais da capital, anunciou que vai estar no Vale do Anhangabaú

Gazeta de S. Paulo

Publicado em 05/04/2022 às 16:57

Compartilhe:

A Prefeitura de São Paulo emitiu uma nota na última segunda-feira (4) ressaltando que o carnaval de rua segue cancelado na capital. A prefeitura afirma no comunicado que desfiles ilegais podem ser um risco desnecessário. A declaração ocorreu após as principais entidades de blocos de rua da cidade de São Paulo emitirem uma carta pública anunciando a intenção de realizar desfiles.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Mesmo com o cancelamento do circuito de blocos de rua, pelo menos uma festa de carnaval em espaço público deve ocorrer no feriado de Tiradentes neste ano. O Acadêmicos do Baixo Augusta, um dos blocos mais tradicionais da capital, anunciou que vai estar no Vale do Anhangabaú, um espaço que foi concedido à iniciativa privada. Informações podem ser encontradas no portal do "G1". 
 
Em carta à prefeitura, organizadores de blocos afirmam que farão cortejos e defendem que com controle de entrada e vacinação não há motivos para proibir a festa na rua no final deste mês.

A carta “Carnaval de Rua Livre com Diversidade e Democracia” é assinada por seis entidades que representam cerca de 85% dos blocos de rua da cidade.

"Nos dias atuais, o cenário sanitário parece promissor e estável. Festivais, campeonatos esportivos, eventos religiosos e de negócios estão acontecendo normalmente. O sambódromo já está com festa marcada e não há justificativas para proibir carnaval de rua livre, diverso e democrático nesse abril de 2022".
 
O evento vai ser no dia 24 de abril, com várias atrações. A entrada será gratuita e os ingressos serão obtidos apenas com apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19. 

"Vamos fazer um cercamento pra poder ter o controle do acesso, já temos plataforma pra pessoa se cadastrar, enviar o passaporte da vacina, aprovar e mandar o ingresso de volta. A gente está organizando praticamente tudo, parte artística, infraestrutura, ambulância, gradeamento, os palcos, que serão dois trios elétricos. A gente que esta organizando tudo. Nossa parceria com o vale é na questão de poder organizar o evento lá", disse Ale Natacci, presidente do Acadêmicos do Baixo Augusta.

Em nota, a prefeitura destacou que "não há mais tempo hábil para organizar desfiles de blocos de rua, evento que exige meses de planejamento antecipado, como é de conhecimento público".

"A Prefeitura espera que a entidades que representam os blocos de carnaval de rua respeitem as decisões anteriores e, assim, evitem eventos sem o aval e a organização por parte do poder público para não colocar as pessoas em risco absolutamente desnecessário", disse a administração municipal, em nota.

 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Variedades

Com retorno de Michael Keaton, 'Os Fantasmas Ainda se Divertem' ganha novo trailer

Produção é dirigida novamente por Tim Burton

Variedades

Litoral de SP recebe na próxima semana a Festa da Pamonha; confira a programação

Evento oferece várias opções gastronômicas, inclusive há espaço para uma ação solidária

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter