Brasil

Marisa Letícia passa por primeira etapa de exames para confirmar morte cerebral

A morte cerebral foi declarada na manhã de ontem (2), porém ainda são necessários mais exames para constatar o diagnóstico

Agência Brasil

Publicado em 03/02/2017 às 16:00

Compartilhe:

Na manhã de ontem (2) foi realizado um doopler transcraniano que identificou a ausência de fluxo cerebral na paciente / Divulgação

O Hospital Sírio-Libanês informou que às 12h05 de hoje (3) foi realizada a primeira etapa do protocolo de morte encefálica da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva, de 66 anos. A morte cerebral foi declarada na manhã de ontem (2), porém ainda são necessários mais exames para constatar o diagnóstico.

Segundo o boletim médico, o protocolo será finalizado às 18h05.

Marisa Letícia foi internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Sírio-Libanês no dia 24 de janeiro, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

Na manhã de ontem (2) foi realizado um doopler transcraniano que identificou a ausência de fluxo cerebral na paciente. A família autorizou a doação de órgãos.

A ex-primeira-dama está sendo acompanhada pelas equipes coordenadas pelos médicos Roberto Kalil Filho, Milberto Scaff, Marcos Stávale e José Guilherme Caldas.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado da Quina no concurso 6486, neste sábado (20)

O prêmio é de R$ R$ 42.000.000,00

Cotidiano

Veja quais foram os bairros com mais roubos de celular em Itanhaém; confira

Relação foi construída após a divulgação de dados pela Secretaria de Segurança Pública de São Paulo

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter