X

Inovação

Governo de SP investe R$ 6,2 milhões em laboratório criminal de genética

Núcleo de Biologia e Bioquímica da Polícia Técnico-Científica passou por reforma e obras de modernização

Da Reportagem

Publicado em 19/07/2023 às 19:22

Atualizado em 19/07/2023 às 19:26

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O núcleo é considerado o maior laboratório criminal de genética do país e recebeu R$ 6,2 milhões em investimentos / Fernando Nascimento/Governo do Estado

O trabalho de investigação baseado em exames de DNA em São Paulo ganha reforço com as novas instalações do Núcleo de Biologia e Bioquímica da Polícia Técnico-Científica. A unidade ampliada e modernizada foi entregue pelo governador Tarcísio de Freitas nesta quarta-feira (19), em cerimônia na capital.

O núcleo é considerado o maior laboratório criminal de genética do país e recebeu R$ 6,2 milhões em investimentos.

“A resolução de crimes é fundamental. Aí entra todo o trabalho da Polícia Técnico-Científica, que vai ajudar na construção de evidências e constituição de provas irrefutáveis para que a gente possa levar a julgamento os criminosos que devem à sociedade e entregar ao cidadão a sensação de que a justiça foi feita”, afirmou o governador.

“Com investimento em tecnologia e equipamentos, reconstituição dos efetivos e valorização das pessoas, eu tenho certeza que nós vamos prestar um excelente serviço à sociedade. O melhor nós temos, que são os nossos profissionais de segurança”, reforçou Tarcísio.

A entrega das novas instalações contou com a participação dos secretários estaduais Guilherme Derrite (Segurança Pública) e coronel PM Helena Reis (Esportes) e do superintendente da Polícia Técnico-Científica, Claudinei Salomão, além de outras autoridades policiais civis e militares, médicos-legistas, peritos e técnicos das forças estaduais de segurança pública.

Comandado pela perita Ana Cláudia Pacheco, o laboratório é responsável por analisar provas e realizar exames de DNA para investigação criminal em São Paulo.

Ao todo, 34 profissionais atuam no Núcleo de Biologia e Bioquímica.

No primeiro semestre de 2023, a unidade recebeu 1,7 mil requisições de exames periciais, com média entre 250 e 350 testes por mês.

“O investimento é no ser humano, que é o que temos de melhor nas polícias, em tecnologia e recuperar o efetivo. Nós temos 189 médicos-legistas neste concurso em andamento, 116 já autorizados e quase 200 peritos para o próximo concurso. Tenho certeza que essa capilaridade vai aumentar demais e ajudar na resolução de crimes em São Paulo”, disse o secretário Derrite.

O Governo de São Paulo investiu na modernização do núcleo para adequar os espaços físicos e melhorar o fluxo técnico obrigatório das análises, que antes eram feitas em salas diferentes.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado do Dia de Sorte no concurso 916, nesta terça (21)

O prêmio é de R$ 350.000,00

Cotidiano

Confira o resultado da Quina no concurso 6446, nesta terça (21)

O prêmio é de R$ 700.000,00

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter