Brasil

Força Nacional do SUS ultrapassa 2,8 mil atendimentos no Rio Grande do Sul

Maior parte dos atendimentos são voltados à estabilização de pressão arterial, diabetes e pequenos traumas

Da Reportagem

Publicado em 19/05/2024 às 22:00

Comentar:

Compartilhe:

Há dias as chuvas castigam o Rio Grande do Sul / Gilvan Rocha/Agência Brasil

Em 13 dias, a Força Nacional do Sistema Único de Saúde (SUS) ultrapassou 2,8 mil atendimentos no Rio Grande do Sul. O estado sofre os impactos de severas enchentes desde 3 de maio. O hospital de campanha (HCamp) de Canoas registra 1,7 mil atendimentos, enquanto a unidade de Porto Alegre contabiliza 257. As equipes volantes atenderam 759 pessoas e realizaram 55 remoções aéreas.

A maior parte dos atendimentos consiste na estabilização da pressão arterial, diabetes e pequenos traumas. Para reforçar a estrutura para esses e outros tipos de atendimentos à população, o Ministério da Saúde abriu, neste sábado (18), um terceiro hospital de campanha no estado, localizado no município de São Leopoldo, a 40 quilômetros de Porto Alegre. Esse é o segundo no município, considerado área prioritária.

"Temos um time experiente e constantemente renovado. O SUS e a capacidade da Força Nacional só crescem e se expandem. Esta é, sem dúvida, a maior missão da Força", afirma o secretário de Atenção Especializada à Saúde do Ministério da Saúde, Adriano Massuda, que está no comando do Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE) do Rio Grande do Sul.
 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

De volta ao Santos? Danilo explica suas prioridades no futebol brasileiro

Jogador é capitão da Seleção Brasileira e defende as cores da Juventus (ITA)

Diário Mais

O combinado não sai caro! Entenda o que é contrato de namoro e o seu valor legal

A prática virou tendência entre famosos e pessoas anônimas

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter