Brasil

Com possibilidade de Lula vencer no 1º turno, Justiça libera Av. Paulista para o PT

Na pesquisa Datafolha divulgada ontem (29), Lula aparece com 50% dos votos válidos - ou seja, quando são excluídos brancos e nulos. Bolsonaro tem 36% dos votos válidos

Do Uol/Folhapress

Publicado em 01/10/2022 às 13:28

Compartilhe:

Avenida Paulista, em São Paulo / Arquivo/Agência Brasil

O PT, por meio do diretório estadual, reservou a Avenida Paulista no próximo domingo (2) para celebrar a vitória no primeiro turno, caso ela aconteça, ou a ida de Lula ao segundo turno. No entanto, as manifestações só podem acontecer após às 20h30 e não às 17h, como o partido havia inicialmente pleiteado. 

Na hipótese de vitória do ex-presidente, é esperado que ele vá à manifestação e discurse para os militantes.

A decisão da Justiça de liberar a importante faixa urbana para o PT parte da lógica de revezar o local entre petistas e bolsonaristas. Como a última grande data, no 7 de setembro, ficou para apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL), o dia 2 ficará para os defensores de Lula, salvo a hipótese de vitória de Bolsonaro no primeiro turno. Não são permitidas, portanto, manifestações simultâneas entre os adversários no mesmo dia e local.

A liberação apenas a partir das 20h30 acontece porque o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo entende que passado um tempo do final da votação e fim da apuração, o ato teria "maior segurança e garantiria maior tranquilidade ao público".

Na pesquisa Datafolha divulgada ontem (29), Lula aparece com 50% dos votos válidos - ou seja, quando são excluídos brancos e nulos. Bolsonaro tem 36% dos votos válidos. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. 

A sondagem indica que Lula tem entre 48% e 52% dos votos válidos por conta da margem de erro. Isso aponta para possibilidade de vitória em 1º turno, mas não a garante.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Onda de calor vai invadir o inverno no litoral de SP nos próximos dias

Tendência é a de que os termômetros cheguem aos 30º C

Cotidiano

Eleitores idosos dobram e jovens caem 20% em Santos, no litoral de SP

O município também tem o menor percentual de menores de idade no eleitorado em toda a Baixada Santista

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter