Brasil

Biometria deve chegar a todos eleitores até 2020, diz Gilmar Mendes

Segundo o ministro, para o pleito do próximo ano, pelo menos 80 milhões de pessoas aptas a votar devem estar registradas pelo novo sistema

Folhapress

Publicado em 19/03/2017 às 17:00

Comentar:

Compartilhe:

Para o pleito do próximo ano, pelo menos 80 milhões de pessoas aptas a votar devem estar registradas pelo novo sistema / Agência Brasil

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Gilmar Mendes, disse que todos os eleitores devem estar cadastrados no sistema biométrico -pelas impressões digitais- até 2020. Segundo o ministro, para o pleito do próximo ano, pelo menos 80 milhões de pessoas aptas a votar devem estar registradas pelo novo sistema.

"Certamente vamos concluir todo esse trabalho para as eleições de 2020", enfatizou ao falar sobre o tema no TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo). As informações são da Agência Brasil.

O TRE-SP iniciou na última segunda-feira (13) o recadastramento biométrico obrigatório em 79 municípios, totalizando 933,8 mil eleitores. Atualmente, mais de 6,5 milhões dos aptos a votar no Estado estão registrados no novo modelo.

Para se recadastrar, os eleitores devem agendar o atendimento na página do TRE. Quem não comparecer à revisão nas cidades onde biometria é obrigatória terá o título cancelado. Nas demais localidades, os cidadãos podem pedir o registro voluntariamente.

Segundo Mendes, a identificação pelas impressões digitais vai dar mais segurança a processos como o de coleta de assinatura para criação de partidos ou para projetos de lei de iniciativa popular. "Eu imagino que, tanto nos projetos de iniciativa popular quanto apoiamento de formação de partidos, nós teríamos agora a possibilidade de usar esse sistema da assinatura digital.'

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Baixada Santista recebe IV Semana Tereza de Benguela; veja as datas

Evento contará com uma programação diversificada, incluindo debates, palestras, mesas redondas, oficinas e atividades culturais

Diário Mais

Morar na Lua? Cientistas descobrem caverna que pode servir como base espacial

A caverna subterrânea tem até 45 metros de largura e 80 metros de profundidade

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter