Vídeo: Homem dá voadora e entra em carro pela janela para impedir que motorista atropelasse pedestres

De acordo com autoridades, o condutor do veículo estava intoxicado e já havia colidido automóvel outras vezes antes de ser retirado do carro

Comentar
Compartilhar
29 ABR 2021Por Da Reportagem14h25
Homem deu uma voadora e entrou pela janela do carro para impedir motoristaHomem deu uma voadora e entrou pela janela do carro para impedir motoristaFoto: Reprodução

Imagens registradas nesta semana na cidade de Tirana, capital da Albânia, país vizinho da Grécia, no centro do continente europeu, flagraram uma cena para lá de perigosa e com toques cinematográficos. Para impedir que um motorista atropelasse pedestres em uma praça movimentada, um homem deu uma voadora no carro em movimento e entrou pela janela do automóvel. O caso aconteceu no domingo (25) e ninguém ficou ferido.

As primeiras imagens, que começaram a circular pelas redes sociais entre esta quarta (28) e quinta-feira (29) mostram que o motorista do carro colide em um trecho da Praça Skanderbeg, a principal da cidade. Logo em seguida, ao mesmo tempo em que algumas pessoas começam a correr para prestar ajuda, ele sai em alta velocidade e de ré, colocando em risco quem passava pelo local.

O que começou como uma tentativa de ajudar o motorista, entretanto, rapidamente evoluiu para uma dezena de pessoas que tentavam, em vão, retirar o condutor do assento do motorista o agredindo após eles conseguirem abrir a porta do carro. Mesmo com cerca de quatro pessoas tentando puxar o suspeito para fora do veículo, ele conseguiu sair de ré e em circulos pela área, que estava cheia no dia porque era usada como local de votação nas eleições gerais do país e também como centro de vacinação contra Covid-19.

Depois dessa primeira tentativa não ter terminado com sucesso, um dos homens que tentaram deter o motorista decide tomar uma medida drástica e dá uma voadora diretamente na janela do carro, que ainda estava em movimento, e atinge o suspeito. Uma vez dentro do automóvel, ele consegua utilizar os freios para parar enquanto a multidão retira o condutor do carro à força.

De acordo com informações da polícia local, o motorista já havia colidido ao menos três vezes antes de chegar à praça e estava sob efeito de substâncias que o deixaram fora de si.