X
Mundo

Trump explica decisão de não divulgar memorando dos Democratas

O mandatário norte-americano ainda reclamou de supostas falsas acusações.

Trump disse que mandou o Partido Democrata refazer o documento no formato adequado. / Fotos Públicas/Divulgação

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, explicou há pouco sua decisão de não divulgar um memorando elaborado pelo Partido Democrata sobre abuso de vigilância contra um ex-sócio de Trump.

"Os Democratas enviaram um memorando de resposta muito longo e politizado, sabendo que o documento teria de ser amplamente reescrito, em que acusam a Casa Branca de falta de transparência. Mandei eles refazerem o memorando e encaminhar no formato adequado", escreveu Trump em sua conta oficial no Twitter.

O mandatário norte-americano ainda reclamou de supostas falsas acusações. "As vidas das pessoas estão sendo destruídas por meras alegações. Algumas são verdadeiras e outras falsas. Algumas são antigas e outras novas. Não há recuperação para alguém acusado injustamente - a vida e a carreira são perdidas. Não existe mais o devido processo legal?", questionou. 

A declaração de Trump ocorre após a Casa Branca negar ontem, citando "preocupações significativas" com a segurança nacional, um pedido dos Democratas para que fosse divulgada, da mesma forma que foi divulgado o memorando dos Republicanos, a resposta às alegações do Partido Republicano. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

Fundo Social promove primeiro Dia de Doar do ano nesta sexta (28)

Munícipes devem retirar as peças na sede da FSS de São Vicente

São Vicente

Justiça suspende venda do Golf Clube vicentino a pedido do MP

Juiz suspendeu assembleia do patrimônio tombado que aguardava apenas decreto regularizando decisão de Conselho

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software