Trump diz estar monitorando situação no Texas, após ataque a igreja

Na manhã deste domingo, um homem entrou em uma igreja em Sutherland Springs, a cerca de 50 quilômetros de San Antonio, Texas, e abriu fogo contra as pessoas

Comentar
Compartilhar
06 NOV 2017Por Estadão Conteúdo00h30
Donald Trump utilizou sua conta no Twitter para comentar sobre o ataque a uma igreja no sul do TexasFoto: Associated Press

O presidente dos EUA, Donald Trump, utilizou há pouco sua conta no Twitter para comentar sobre o ataque a uma igreja no sul do Texas. De acordo com ele, o Departamento de Investigação Federal (FBI, na sigla em inglês) está na cena do crime e que ele está monitorando a situação do Japão, onde está, em sua primeira viagem à Ásia.

Na manhã deste domingo, um homem entrou em uma igreja em Sutherland Springs, a cerca de 50 quilômetros de San Antonio, Texas, e abriu fogo contra as pessoas até ser atingido, disseram autoridades locais.

O número de mortos e feridos ainda não foi confirmado pelas autoridades, mas o comissário do condado de Wilson Paul Pheil disse que mais de 20 morreram e outros mais de 20 ficaram feridos.

Trump está no início de uma viagem de 12 dias pela Ásia. Neste domingo, esteve reunido com o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe. Amanhã, os dois devem participar de uma reunião bilateral. O presidente norte-americano também visitará Coreia do Sul, China, Vietnã e Filipinas.