Trump chama todos senadores à Casa Branca para discutir Coreia do Norte

O aumento da tensão com o regime de Pyongyang tem sido um dos principais desafios de política externa dos primeiros cem dias do governo Trump

Comentar
Compartilhar
25 ABR 2017Por Folhapress15h00
Donald Trump, convidou todos os 100 senadores do país para uma reunião na Casa BrancaDonald Trump, convidou todos os 100 senadores do país para uma reunião na Casa BrancaFoto: Divulgação

O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, convidou todos os 100 senadores do país para uma reunião na Casa Branca sobre as crescentes tensões com a Coreia do Norte.

O encontro, marcado para esta quarta-feira (26) deverá contar com a participação de integrantes do alto escalão do governo Trump: o secretário de Estado, Rex Tillerson; o secretário de Defesa, Jim Mattis; e o diretor de Inteligência Nacional, Dan Coats.

Embora seja normal que membros do governo discutam assuntos políticos com congressistas, é incomum que todos os senadores visitem a Casa Branca ao mesmo tempo para se reunir com as principais autoridades de defesa do país.

Auxiliares do governo dizem que tentarão marcar um encontro parecido com deputados.

O aumento da tensão com o regime de Pyongyang tem sido um dos principais desafios de política externa dos primeiros cem dias do governo Trump, que serão completados no sábado (29).

Enquanto a Coreia do Norte tem repetido ameaças praticamente diárias contra os Estados Unidos e seus aliados asiáticos, o governo Trump elevou o tom contra o país e ameaçou atacá-lo.

Na segunda-feira (24), o republicano disse a embaixadores na ONU que o "statu quo" na península Coreana é inaceitável, e que a organização deve estar preparada para impor novas sanções contra o regime norte-coreano.