Travessia por rio derruba eficácia de possível muro de Trump

Mesmo com um muro logo após o rio, quem pisasse em solo americano poderia pedir asilo e teria direito à acolhida da patrulha da fronteira -ainda que o pedido terminasse negado pela Justiça.

Comentar
Compartilhar
31 MAR 2018Por Folhapress22h56
Trump defende a construção do muro como forma de barrar os imigrantes que vem pelo México.Foto: Fotos Públicas

Após sofrer uma queda abrupta no início do governo de Donald Trump, o fluxo de imigrantes ilegais que cruzam a fronteira dos EUA com o México voltou a aumentar - e pelo rio, o que põe em dúvida a eficácia de um muro.

Desde maio de 2017, o número de estrangeiros apreendidos pela patrulha da fronteira vem crescendo. Em dezembro, chegou a quase 30 mil pessoas.

Ao contrário do que ocorria no passado, a maioria hoje entra pelo vale do rio Grande, no Texas (veja quadro à dir.), onde os países são separados por água e áreas florestais. O trecho virou a principal via terrestre de ingresso de imigrantes nos últimos cinco anos, substituindo o vale do Arizona, onde a travessia se faz pelo deserto.

Para especialistas em imigração, trata-se de mais uma prova de que o muro defendido por Trump não iria ajudar a conter o fluxo.

"É uma grande ironia", diz a pesquisadora Vanda Felbab-Brown, da Brookings Institution, que preparou recentemente um relatório sobre a fronteira. Segundo ela, a área é em boa parte inóspita, repleta de reservas florestais e penhascos, o que dificultaria a construção da barreira.

Mesmo com um muro logo após o rio, quem pisasse em solo americano poderia pedir asilo e teria direito à acolhida da patrulha da fronteira - ainda que o pedido terminasse negado pela Justiça.

A parede monumental poderia ainda incentivar a busca por outras estratégias de entrada –por exemplo, via esconderijo nos baús de caminhões, como já ocorre.

"É um jogo de gato e rato", afirma o salvadorenho Abel Núñez, diretor da Carecen, que dá apoio a centro-americanos nos EUA. "Se não entrarem como antes, vão construir túneis, subir escadas."