X

Mundo

Terremoto em Taiwan deixa 9 mortes e mais de 800 feridos

Um alerta de tsunami chegou a ser enviado para os moradores das áreas costeiras próximas da região

Folhapress

Publicado em 03/04/2024 às 09:35

Atualizado em 03/04/2024 às 10:10

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A região que compreende Japão, China e Taiwan é frequentemente chamada de Círculo de Fogo do Pacífico, por sua alta atividade sísmica / Reprodução/Redes Sociais

Nesta terça-feira (2), dois terremotos atingiram Taiwan, o primeiro teve magnitude 7,5, e o segundo, de 6,5. Segundo autoridades locais, ao menos nove pessoas morreram e mais de 800 ficaram feridas em decorrência dos tremores, além de 50 pessoas estarem presas em túneis e prédios que desabaram.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

O terremoto, que ainda levou o Japão, as Filipinas e a China Continental a emitirem alertas de tsunami, foi o mais forte a atingir Taiwan em 25 anos. Horas mais tarde, os países cancelaram o alerta.

Terremoto atinge o Japão

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Veículos da imprensa local transmitiram imagens de prédios tombados no condado de Hualien, no sul, e afirmaram que havia pessoas presas sob os escombros.

Na China continental, o terremoto foi sentido em várias regiões, inclusive Xangai. A província mais afetada foi Fujian, diante da ilha de Taiwan, com relatos sobretudo das cidades de Xiamen e Fuzhou.

As informações do Gdacs (Sistema Global de Alerta e Coordenação em Situações de Desastre) apontam que o primeiro terremoto ocorreu a uma profundidade de 11,4 km. Geralmente, quanto mais próximos da superfície, mais intensos são os tremores. O segundo foi registrado a 11,8 km.

A região que compreende Japão, China e Taiwan é frequentemente chamada de Círculo de Fogo do Pacífico, por sua alta atividade sísmica. Esta zona é caracterizada pela movimentação constante das placas tectônicas, 

Esses movimentos tectônicos frequentes resultam na formação de cadeias de montanhas, vulcões ativos e, consequentemente, em alta incidência de terremotos.

Um alerta de tsunami chegou a ser enviado para os moradores das áreas costeiras próximas da região de Okinawa, no sul. Mais tarde, porém, a agência meteorológica japonesa transformou o alerta em apenas um aviso, dizendo que as ondas que atingiram a costa não eram tão altas quanto o previsto.

Autoridades das Filipinas também emitiram alertas para residentes de locais no litoral de diversas províncias, instando-os a fugir. Enquanto isso, a mídia estatal da China reportou que o terremoto pôde ser sentido em Xangai e em ao menos quatro cidades na província de Fujian.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Confira o resultado da Quina no concurso 6416, nesta segunda (15)

O prêmio é de R$ 35.000.000,00

Itanhaém

Homem morre após parada cardiorrespiratória em praia de Itanhaém

Ao encaminharem para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itanhaém, constataram a morte

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter