BATALHA VIRTUAL

Sites de aeroportos americanos ficam fora do ar após ciberataque de grupo russo

Um grupo de hackers intitulado Killnet reivindica a autoria da ação na internet

Joe Silva

Publicado em 10/10/2022 às 17:53

Compartilhe:

Em Chicago, o ciberataque não afetou a operação de voos (foto de arquivo) / Rovena Rosa/Agência Brasil

Um grupo pró-Rússia de hackers está reivindicando a autoria de ataques cibernéticos que deixaram fora do ar os sites de alguns aeroportos norte-americanos nesta segunda-feira (10).

O grupo intitulado Killnet tem sido responsável por uma série de outras intereferências em sites governamentais do ocidente, segundo especialistas em cibersegurança. 

O Aeroporto Internacional de Los Angeles foi um dos que confirmaram a indisponibilidade de seu site e chegou a emitir uma nota informando que a interface disponível para usuários estava interrompida.

O Laguardia, em Nova York, o O’Hare, e o Midway airports em Chicago, também foram afetados pelo ataque, segundo informações do portal "Bloomberg". O Departamento de Aviação de Chicago afirmou que a operação dos voos não foi afetada. 

A Rússia efetuou um ataque lançando setenta e cinco mísseis contra a Ucrânia em retaliação pela exploção de uma ponte considerada uma das maiores obras inauguradas por Putin.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Cotidiano

Premiações da Mega-Sena saem para Mongaguá e Praia Grande; veja quanto e lotéricas

Sorteio foi realizado pela Caixa Econômica Federal na noite do último sábado (20)

Cotidiano

Com salários de até R$ 32 mil e vagas no Litoral, concursos públicos abrem inscrições

Os principais concursos públicos e processos seletivos abriram vagas de emprego que abrangem todos os níveis de escolaridade

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter