Papa Francisco autoriza mais funções para mulheres na Igreja Católica

Papa alterou as regras e autorizou que as mulheres atuem como leitoras em liturgias, distribuidoras de comunhão e prestem serviços no altar

Comentar
Compartilhar
11 JAN 2021Por Gazeta de S. Paulo19h04
Em novo decreto, o papa Francisco permitiu formalmente que as mulheres ocupem mais funções na Igreja CatólicaFoto: Reprodução

Em novo decreto, o papa Francisco permitiu formalmente que as mulheres ocupem mais funções na Igreja Católica Apostólica Romana. Nesta segunda-feira (11), o papa alterou as regras e autorizou que as mulheres atuem como leitoras em liturgias, distribuidoras de comunhão e prestem serviços no altar. As mudanças são incluídas no Código de Direito Canônico.

Com as novas regras, os bispos conservadores não poderão impedir que as mulheres em suas dioceses tenham essas funções.

O Vaticano enfatizou, no entanto, que essas funções são "essencialmente distintas do sacerdócio ordenado", e ressaltou que as mudanças não significam um precursor automático para que mulheres possam um dia serem ordenadas no sacerdócio.