Obama diz que líderes internacionais estão 'surpresos' com Trump

'Eles estão aturdidos e com boa razão', disse Obama

Comentar
Compartilhar
26 MAI 2016Por Folhapress14h00
Obama diz que líderes internacionais estão 'surpresos' com TrumpObama diz que líderes internacionais estão 'surpresos' com TrumpFoto: Associated Press

Líderes internacionais estão "surpresos" com o virtual candidato republicano à corrida presidencial americana, Donald Trump, e incertos sobre se devem levar a sério seus pronunciamentos, disse o presidente Barack Obama nesta quinta-feira (26).

"Eles estão aturdidos e com boa razão", disse Obama a respeito das lideranças que participam da reunião do G7, no Japão. "Muitas das propostas que ele apresentou mostram ou ignorância nos assuntos internacionais, ou desdém, ou um interesse em ganhar tuítes e machetes."

Obama contrapôs a atitude de Trump ao que ele considera o caminho correto -pensar como manter os Estados Unidos seguros e prósperos, e o mundo "no prumo certo".

Não é a primeira vez que Obama critica as manifestações do virtual candidato republicano sobre política internacional.
 

Trump já afirmou, por exemplo, estar aberto ao armamento nuclear do Japão e da Coreia do Sul, para que esses países dependam menos da proteção americana na região.

"Nós não podemos ser os policiais do mundo e ter uma dívida de US$ 19 trilhões indo para US$ 21 trilhões. Estamos sentando em uma bolha que vai explodir e nós vamos todos acabar vocês sabem onde", disse Trump em abril.

DISPUTA DEMOCRATA

Nesta quinta, Obama também mencionou a disputa interna em seu partido para a escolha do candidato democrata.

O presidente americano rejeitou a necessidade de a disputa ser decidida apressadamente entre Hillary Clinton e Bernie Sanders, com o objetivo que os democratas se unam logo em torno de apenas um candidato, argumentando que a corrida deste ano não tem fortes divergências ideológicas, como teve a dos republicanos.