Ministro russo vai à Síria e conversa com ditador Assad

A intervenção militar russa na Síria, em setembro, ajudou a mudar o rumo da guerra em favor de Assad, após meses de vitórias dos rebeldes sírios

Comentar
Compartilhar
18 JUN 2016Por Folhapress19h30
O ministro da Defesa da Rússia visitou a Síria neste sábado (18) para se encontrar com o ditador do país, Bashar al-AssadO ministro da Defesa da Rússia visitou a Síria neste sábado (18) para se encontrar com o ditador do país, Bashar al-AssadFoto: Divulgação

O ministro da Defesa da Rússia visitou a Síria neste sábado (18) para se encontrar com o ditador do país, Bashar al-Assad, e inspecionar a base aérea russa no local, uma viagem com intenção de reforçar o papel de Moscou na região.

Sergei Shoigu se encontrou com Assad para discutir a cooperação entre as forças militares dos dois países e "alguns aspectos de cooperação na luta contra grupos terroristas", informou o governo russo.

A intervenção militar russa na Síria, em setembro, ajudou a mudar o rumo da guerra em favor de Assad, após meses de vitórias dos rebeldes sírios.

A Rússia, que tem bombardeado intensamente áreas sob controle dos rebeldes, é acusada pela oposição a Assad e por ativistas de ter provocado centenas de mortes de civis, por ter atingido hospitais, escolas e a infra-estrutura das cidades com ataques tidos como indiscriminados.

Em maio, Putin surpreendeu o mundo ao levar à cidade histórica de Palmira, retomada do Estado Islâmico com ajuda da intervenção russa, a orquestra do Teatro Mariinsky, de São Petersburgo.