Israel e Estados Unidos discutem visita potencial de Trump a Jerusalém

Se materializada, a viagem viria em um momento sensível, em que Israel comemora o Dia de Jerusalém

Comentar
Compartilhar
28 ABR 2017Por Agência Brasil08h30
Israel e Estados Unidos discutem a visita de Donald Trump a JerusalémIsrael e Estados Unidos discutem a visita de Donald Trump a JerusalémFoto: Associated Press

Israel e os Estados Unidos iniciaram conversas sobre uma possível visita do presidente Donald Trump a Jerusalém, disse um oficial israelense. "Há discussões iniciais entre o Ministério de Relações Exteriores israelense e autoridades do governo dos EUA sobre a visita", disse um funcionário do governo israelense, falando sob condição de anonimato, porque os detalhes da viagem ainda não foram definidos. As informações são da agência chinesa Xinhua.

A fonte estimou que as chances de que a visita aconteça são "muito altas". O site de notícias em língua hebraica Ynet informou que uma delegação dos EUA chegaria a Israel nesta quinta-feira (27) para iniciar conversas sobre o assunto.

O jornal Times de Israel informou que Trump deve realizar sua primeira viagem ao exterior como presidente a Bruxelas no próximo mês, e poderá expandir sua viagem a Israel no dia 21 de maio ou nos dias seguintes.

Se materializada, a viagem viria em um momento sensível, em que Israel comemora o Dia de Jerusalém, uma celebração anual para marcar a "unificação" de Jerusalém. Israel tomou Jerusalém Oriental na guerra de 1967 e anexou-a pouco depois, anunciando-a como sua capital "indivisível". O movimento nunca foi reconhecido internacionalmente.

O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu encontrou-se com Trump em Washington em fevereiro. Eles falaram sobre uma mudança positiva entre os dois aliados depois de anos de discussões com o governo de Barack Obama, principalmente sobre a expansão dos assentamentos na Cisjordânia e o acordo nuclear com o Irã.