X

Mundo

Furacão Florence é rebaixado para categoria 3, mas segue perigoso

A velocidade máxima dos ventos provocados pela tempestade diminuiu um pouco durante a manhã, ficando em 209 km/h

Folhapress

Publicado em 12/09/2018 às 19:50

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Moradores encheram sacos com areia em Virginia Beach para fazer barricadas / Associated Press

O furacão Florence, que deve atingir a costa dos Estados Unidos nesta quinta (13) ou sexta-feira, pode causar ainda mais destruição do que o previsto inicialmente, produzindo chuvas e inundações em áreas maiores de terra na região leste do país.

Nesta quarta (12), o Florence foi rebaixado para categoria 3 (em uma escala de 5), com ventos máximos de 205 km/h, e encontrava-se cerca de 700 km ao sul de Wilmington, Carolina do Norte. Apesar de ter passado de categoria 4 para categoria 3, autoridades alertam que a tempestade segue sendo extremamente perigosa.

A velocidade máxima dos ventos provocados pela tempestade diminuiu um pouco durante a manhã, ficando em 209 km/h. Na noite de terça, chegou a 240 km/h. Mas a expectativa é de que fiquem mais intensos ao longo desta quarta.

O estado da Geórgia declarou estado de emergência nesta quarta, juntando-se a Carolina do Norte, Carolina do Sul, Virgínia, Maryland e o Distrito de Colúmbia, onde fica a capital, Washington. Mais de 1,5 milhão de pessoas já tiveram que sair de suas casas por causa dos riscos de enchentes e de fortes ventos.

O presidente americano, Donald Trump, escreveu em uma rede social durante a tarde que "é imperativo que todos sigam as ordens de evacuação locais". "Essa tempestade é extremamente perigosa. Esteja a salvo!", disse.

Mais cedo, o republicano disse que o governo está "preparado para enfrentar o grande furacão" que está vindo. Também disse que ganharam "nota máxima" pelos recentes trabalhos no Texas, na Flórida e em Porto Rico, vítimas de tempestades recentemente.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Economia

Com prejuízo de R$ 500 mi, Carrefour anuncia o fechamento de 123 lojas

Entre as unidades fechadas, 16 são hipermercados da própria marca; os demais são de bandeiras Todo Dia, Nacional e Bom Preço

Cotidiano

Congestionamento na Rodovia Anchieta já passa de 10 quilômetros

Cinco pontos do Sistema Anchieta-Imigrantes apresentam congestionamentos em direção ao Litoral; confira quais

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter