X

Mundo

Facebook diz que problema de segurança afetou 50 milhões de contas

As ações da companhia estão em quada de 2,93% nesta sexta, às 14h20 do horário de Brasília

Folhapress

Publicado em 28/09/2018 às 18:40

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Hackers conseguiram roubar tokens de acesso às contas / Reprodução

O Facebook informou, nesta sexta (28), que um problema de segurança afetou quase 50 milhões de contas na rede social. A falha teria ocorrido na tarde de terça-feira (25).

"Estamos levando isso incrivelmente a sério e quisemos informar a todos o que ocorreu e as ações imediatas que tomamos para proteger a segurança das pessoas", informou a empresa.

As ações da companhia estão em quada de 2,93% nesta sexta, às 14h20 do horário de Brasília.

A investigação ainda está em fase inicial, mas já está claro que os ataques exploraram uma vulnerabilidade no código do Facebook ligada ao recurso de "Ver como" -no qual usuários conseguem ver como outras pessoas, que não são suas amigas na rede, enxergam seu perfil.

Os hackers conseguiram, por meio desse código, roubar tokens de acesso às contas. Os tokens de acesso são como chaves digitais que mantém as pessoas logadas à rede para que não tenham que preencher seu usuário e senha sempre que acessem suas contas.

Em seu comunicado, o Facebook listou algumas ações que foram tomadas. Primeiramente, essa vulnerabilidade foi corrigida.

A empresa também diz que resetou o acesso a quase 50 milhões de contas que certamente foram afetadas, como forma de proteção. Outras 40 milhões de contas que utilizaram o recurso de "Ver como" no último ano foram resetadas por precaução.

Ou seja, 90 milhões de usuários terão que refazer o login à rede. Esses usuários receberão uma notificação explicando o ocorrido, diz a empresa.

Além disso, o Facebook afirma que vai desabilitar temporariamente o recurso de "Ver como" para uma revisão de segurança.

"Como começamos agora a investigação, ainda não determinamos se essas contas foram utilizadas de forma equivocada ou se informações foram acessadas. Também não sabemos quem está por trás desses ataques ou de que localidade eles vieram. Estamos trabalhando duro para entender melhor esses detalhes -e vamos atualizar este post a medida que tivermos mais informações, ou se houver qualquer mudança. Além disso, se encontrarmos mais contas afetadas, iremos resetar imediatamente seus tokens de acesso", disse a companhia.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Lula assina lei que regulamenta motoristas de aplicativo

Os motoristas vão passar a receber pelo menos um salário mínimo como proporção pelas horas trabalhadas e compensação pelos custos de atividade

Polícia

Atropelamento em Guarujá deixa três feridos e dois ficam em estado grave

O incidente ocorreu por volta das 23h40 e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi acionado

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter