Ex-jogador processa pastor após descobrir que esposa o traiu com líder religioso

Ex-atleta e cantora gospel estavam casados desde 2005 e são pais de três crianças. Traição ocorreu entre o início de 2019 e o começo de 2020

Comentar
Compartilhar
28 SET 2021Por Da Reportagem17h32
Traição ocorreu entre o início de 2019 e o começo de 2020Traição ocorreu entre o início de 2019 e o começo de 2020Foto: Divulgação

Um escândalo sexual vem agitando as manchetes dos Estados Unidos. O ex-jogador de beisebol, Ben Zobrist, está processando o pastor Byron Yawn, líder de uma congregação cristã americana, por ele ter mantido um relacionamento amoroso com a sua ex-esposa Julianna Zobrist, que é cantora gospel.

Além da traição, o pastor é acusado de ter fraudado sua instituição de caridade.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp: https://bit.ly/diariodolitoral
Mantenha-se bem informado.

Ben encerrou sua carreira no beisebol em 2019. Ele passou por times como Tampa Bay Devil Rays, Oakland Athletics, Kansas City Royals e Chicago Cubs, tendo sido duas vezes campeão da World Series.

Ele e a cantora Julianna Zobrist estavam casados desde 2005 e são pais de três crianças. O processo movido pelo ex-atleta contra o pastor Byron Yawn foi noticiado pelo site Ace ShowBiz. Zobrist está pedindo US$ 6 milhões (cerca de R$ 32,58 milhões) em indenização.

Os documentos do processo, apresentados pelos advogados de Ben afirmam que que Byron "se aproveitou de seu papel como conselheiro ministerial, violou e traiu a confiança depositada nele, infringiu acordos financeiros e fez uso de sua função como conselheiro para se envolver em uma relação sexual com sua esposa".

Os advogados ainda alegam que o relacionamento secreto da cantora ocorreu entre o início de 2019 e o começo de 2020, período no qual o pastor atuou como conselheiro matrimonial do casal.