É muito bom para o mundo, diz Trump sobre encontro das Coreias

O países anunciaram nesta sexta que concordaram em retirar todas as armas nucleares da região

Comentar
Compartilhar
27 ABR 2018Por Folhapress19h50
Acordo de paz foi selado nesta sexta-feiraFoto: Associated Press

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira (27) que o encontro entre os líderes das Coreias do Sul e do Norte é "muito bom para o mundo", mas disse que os EUA não serão enganados por falsas promessas de desnuclearização pelo ditador norte-coreano Kim Jong-un.

"Eu não acho que ele [Kim] esteja brincando. Ele nunca foi tão longe, nunca houve tanto entusiasmo por um acordo", declarou o americano, ao lado da chanceler alemã, Angela Merkel, que faz uma visita à Casa Branca. "Mas os EUA não serão passados para trás."

Segundo Trump, se não houver acordo, os EUA irão abandonar as negociações. "Com grande respeito, mas vamos deixar a sala e continuar em frente."

As duas Coreias anunciaram nesta sexta que concordaram em retirar todas as armas nucleares da região. A assinatura de um acordo de paz, porém, depende da chancela dos EUA e da China. Ambos os países participaram da Guerra da Coreia, na década de 1950, e precisam concordar com os termos de um novo tratado.

Para Trump, por muito tempo, os países fizeram acordos infrutíferos com a Coreia do Norte, que continuou a manter armas nucleares, a despeito de pactuar no sentido contrário."Nós fomos lindamente enganados; ninguém sabia o que estava acontecendo lá. Isso não vai mais acontecer conosco", declarou o americano.

Trump voltou a afirmar que irá se encontrar em breve com Kim Jong-un, em um local ainda a ser definido, e disse que está em contato com as duas Coreias sobre o tema, bem como com o presidente da China, Xi Jinping."Muitas coisas positivas estão acontecendo", afirmou o republicano.