Donald Trump não vai comparecer à posse de Joe Biden

Apenas três outros presidentes não foram à posse dos seus sucessores foram: John Adams (1801), John Quincy Adams (1829) e Andrew Johnson (1869)

Comentar
Compartilhar
08 JAN 2021Por Gazeta de S. Paulo18h05
O presidente Donald TrumpFoto: Official White House Photo/Andrea Hanks/Fotos Públicas

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, não pretende participar da posse de Joe Biden no cargo em 20 de janeiro. A declaração de Trump foi feita nesta sexta-feira (8).

"A todos aqueles que perguntaram, eu não vou à cerimônia de posse em 20 de janeiro", escreveu o presidente em uma rede social. Tradicionalmente, todos os presidentes que deixam o cargo participam da cerimônia de posse do sucessor.

Na década dos anos 80, John Adams (em 1801), John Quincy Adams (em 1829) e Andrew Johnson (em 1869) não participaram da posse. Esses são os únicos que faltaram.

Entretanto, o vice-presidente Mike Pence deve participar da cerimônia para passar o cargo para a eleita Kamala Harris.

Tensão

Donald Trump insiste em não aceitar a derrota e dizer que não perdeu a eleição presidencial de novembro. Para ele, a votação foi fraudada e houve irregularidades. Porém, os auditores e a Justiça dos EUA não encontraram nenhum indício que pudesse mudar a vitória de Biden.

Na última quarta-feira, (6), o Congresso precisou suspender a contagem de cédulas do Colégio Eleitoral devido à manifestação que acontecia fora e dentro do prédio. Um grupo de extremistas invadiu a sede do Congresso americano e os parlamentares precisaram ficar protegidos em áreas seguras ou ser evacuados do edifício. Cinco pessoas morreram.

Após algumas horas, intervenção da Guarda Nacional e um toque de recolher imposto pela prefeita de Washington, a sessão foi retomada e a vitória de Biden foi confirmada.

E então, apenas com a confirmação do Congresso, Trump reconheceu que "um novo governo tomará posse" em 20 de janeiro.