Mundo

Como assim? Seguradora indeniza mulher após ela contrair HPV dentro de carro

Do Uol/Folhapress

Publicado em 19/06/2022 às 12:08

Compartilhe:

*Foto apenas ilustrativa / Reprodução/Internet

Uma mulher conseguiu em um tribunal do estado norte-americano do Missouri que a seguradora Geico lhe pagasse nada menos que US$ 5,2 milhões (R$ 26,6 milhões na cotação atual) por danos, após ela ter feito sexo e contraído HPV em um carro. Isso ocorre devido ao fato de o veículo em questão estar segurado pela empresa. 

A informação é do jornal The Kansas City Star. Segundo a reportagem, a mulher entrou na Justiça em fevereiro de 2021 depois de saber que foi infectada por um parceiro que sabia que tinha a doença, mas não disse nada.

O modelo em questão pertencia ao homem, que possuía um seguro da Geico. Assim, ela argumentou que a empresa tinha responsabilidade no ocorrido. Um acordo foi oferecido à empresa, que recusou. Por isso, a mulher resolveu entrar na Justiça. 

O parceiro da mulher, contratante do serviço, foi considerado responsável e o juiz aprovou uma indenização de US$ 5,2 milhões em danos a serem pagos pela seguradora. A Geico pediu uma nova audiência, mas teve todos os recursos negados.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

São Vicente

Cidade do litoral de SP inicia festival gastronômico com delícias à preços baixos

É a 9ª edição do evento, que conta com 50 restaurantes e mais de 100 opções de pratos e lanches

Diário Mais

Fenômeno climático La Niña chega em agosto e também atingirá o litoral de SP

Evento climático é conhecido por resfriar as águas do oceano pacífico

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter