X

Mundo

Casa Branca pede que Congresso investigue se Obama grampeou Trump

O pedido veio um dia depois da acusão feita presidente dos Estados Unidos no Twitter

Folhapress

Publicado em 05/03/2017 às 15:50

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A Casa Branca pediu que o Congresso investigue se Barack Obama grampeou Donald Trump / Associated Press

A Casa Branca pediu neste domingo (5) ao Congresso dos EUA que examine se a administração Obama abusou de sua "autoridade investigativa" executiva durante a campanha de 2016, como parte da pesquisa do Congresso sobre a influência da Rússia nas eleições presidenciais.

O pedido veio um dia depois que o presidente Donald Trump alegou, sem apresentar quaisquer provas, que seu predecessor, Barack Obama, ordenou uma escuta telefônica na Trump Tower, que foi a sede da campanha de Trump.

O porta-voz de Barack Obama, Kevin Lewis, negou as acusações do atual presidente. "Uma regra crucial da administração Obama era a de que nenhum funcionário da Casa Branca interferisse em nenhuma investigação do Departamento de Justiça."

Além da falta de provas, Trump também não deu indícios da origem das acusações. A agência Associated Press e o jornal britânico "The Guardian" afirmam que o presidente reproduziu alegações de sites de extrema direita.

Na quinta (2), o radialista Mark Levin mencionou os passos que Obama teria tomado para vigiar o sucessor. A acusação foi publicada no dia seguinte no Breitbart News, que tem entre os fundadores Stephen Bannon, estrategista-chefe do presidente.

Este foi o segundo ataque de Trump a Obama em menos de uma semana. Em entrevista à Fox News na terça (28), ele culpou o democrata pelos protestos contra seu governo em todo o país desde sua posse, em janeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Radares 'caçadores' de carros roubados já funcionam no Brasil; saiba onde

Os primeiros testes já foram realizados

São Vicente

PAT de São Vicente está com 100 vagas de emprego nesta quarta (12); confira as vagas

O atendimento é feito sempre de segunda a sexta-feira

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter