Buscar salvadores que nos defendam com muros é perigoso, diz papa

O pontífice evitou, contudo, fazer prognósticos sobre o governo de Donald Trump

Comentar
Compartilhar
22 JAN 2017Por Folhapress19h30
O papa Francisco disse que 'buscar salvadores que nos defendam com muros é perigoso'Foto: Agência Brasil

Aludindo ao novo presidente dos EUA, Donald Trump, o papa Francisco disse ao jornal espanhol "El País" que, em momentos de crise, a população busca um "salvador" que a defenda com muros.

"Em momentos de crise, o discernimento não funciona. (...) Buscamos um salvador que nos devolva a identidade e nos defenda com muros, com arames farpados, com qualquer coisa, dos outros povos que podem nos tirar a identidade", afirmou o papa em entrevista publicada no sábado (21). "Isso é muito grave. Por isso sempre procuro dizer: dialoguem entre vocês."

O pontífice evitou, contudo, fazer prognósticos sobre o governo de Trump. "Veremos o que ele faz e, a partir daí, avaliaremos."

Francisco comparou o crescimento de movimentos populistas contemporâneos à ascensão do nazismo na Alemanha nos anos 1930, dizendo que o ditador Adolf Hitler "foi eleito por seu povo".