Bolsonaro se encontra com banqueiros na Arábia Saudita

Amanhã (30), será a vez de altos funcionários do japonês Soft Bank

Comentar
Compartilhar
29 OUT 2019Por Folhapress11h15
Nesta terça-feira (29), o presidente se reuniu com John Waldron, presidente do Goldman Sachs & COFoto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) abriu espaço em sua agenda na Arábia Saudita para se encontrar com grandes banqueiros.

Nesta terça-feira (29) pela manhã, ele se reuniu com John Waldron, presidente do Goldman Sachs & CO. Na quarta-feira (30), será a vez de altos funcionários do japonês Soft Bank.

Os executivos estão em Riad, capital da Arábia Saudita, para participar da conferência conhecida como "Davos no deserto" e aproveitaram para pedir audiência com o presidente brasileiro.

Bolsonaro é um das estrelas da conferência junto com o primeiro-ministro indiano Narendra Modi. Poucos líderes internacionais aceitaram participar depois que o príncipe herdeiro saudita, Mohammed bin Salman, foi acusado de mandar matar um jornalista no ano passado.

No encontro desta manhã, Bolsonaro disse a Waldron que os investidores tem mais confiança para investir no Brasil após a aprovação da reforma da Previdência e garantiu que vai prosseguir com as reformas.

O executivo americano disse que o banco apoia integralmente essa agenda e está interessado em financiar obras de infraestrutura no Brasil. Uma das áreas que mais atraem os bancos de investimento é o saneamento.