X
Mundo

Ataques suicidas deixam ao menos 42 mortos em Homs

Entre as vítimas estão o chefe da segurança militar, Hassan Daabul, e o chefe da segurança do Estado, Ibrahim Darwish

Dois atentados suicidas contra prédios dos serviços de segurança no centro da cidade síria de Homs deixaram ao menos 42 mortos neste sábado (25).

Entre as vítimas estão o chefe da segurança militar, Hassan Daabul, e o chefe da segurança do Estado, Ibrahim Darwish.

De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), os ataques atingiram as sedes da Segurança do Estado e da Inteligência militar, situadas em dois distritos do centro de Homs, terceira maior cidade síria.

Na manhã deste sábado, a organização Libertação do Levante, filial da Al-Qaeda na Síria, reivindicou a autoria dos atentados em comunicado publicado na internet.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Itanhaém

Audiência pública discute propostas sobre zoneamento urbano em Itanhaém

Empresa Geo Brasilis apresentou informações técnicas sobre as características do município

Saúde

Ocupação de leitos de UTI de Covid-19 só aumenta na Baixada Santista

Região ainda não teve um único dia de diminuição de leitos ocupados durante todo o ano de 2022 segundo Seade

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software