Ataque com carro-bomba em hotel deixa vários mortos na Somália

Após cercar o local e trocar tiros com os invasores, a polícia informou que quatro extremistas morreram. A facção radical islamita Al Shabab reivindicou a autoria do atentado

Comentar
Compartilhar
25 JAN 2017Por Folhapress17h30

Um atentado contra um hotel em Mogadício, capital da Somália, deixou ao menos oito mortos e 14 feridos nesta quarta-feira (25).

O ataque teve início quando um carro-bomba avançou contra o portão do estabelecimento, que depois foi invadido por atiradores. Uma segunda explosão atingiu a área pouco depois, ferindo diversas pessoas nas proximidades.

Após cercar o local e trocar tiros com os invasores, a polícia informou que quatro extremistas morreram.
A facção radical islamita Al Shabab reivindicou a autoria do atentado.

Sobreviventes relataram cenas caóticas, com hóspedes do hotel se escondendo sob camas e pulando de janelas para escapar dos atiradores.

"Eles chutaram as portas dos quartos e em determinado momentos se apresentaram como membros de equipes de resgate, pedindo para as pessoas saírem dos quartos só para matá-las", disse Hassan Nur, um idoso somali.

Alvo do ataque, o hotel Dayah é popular entre políticos em Mogadício.

O Al Shabaab é filiado à rede terrorista Al Qaeda e mantém uma insurgência na Somália e no Quênia com o objetivo de criar um califado.