Ao menos 16 pessoas morrem em acidente de ônibus no Peru

Dois brasileiros podem estar entre as vítimas

Comentar
Compartilhar
07 JAN 2020Por Agência Brasil10h33
Dezenas de pessoas ficaram feridas em um acidente de trânsito ocorrido na madrugada desta segunda-feira (6), na Rodovia Pan-Americana, em Arequipa, no distrito de Yauca, no PeruFoto: Agência Brasil/Reuters/Divulgação

Ao menos 16 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um acidente de trânsito ocorrido na madrugada desta segunda-feira (6), na Rodovia Pan-Americana, em Arequipa, no distrito de Yauca, no Peru. Segundo sites jornalísticos peruanos, entre os mortos estão dois brasileiros e dois alemães. O Itamaraty, contudo, não confirmou tal informação..A reportagem não conseguiu contato com a embaixada brasileira no Peru.

Três mortos ainda não tiveram a nacionalidade divulgada.

Em nota, a Superintendência de Transporte Terrestre de Pessoas, Cargas e Mercadorias (Sutran) informou que um ônibus interestadual da empresa Cruz del Sur, que seguia de Lima a Arequipa, chocou-se com várias vans próximo ao Km 574 da rodovia.

De acordo com a Sutran. existem indícios de que o ônibus da Cruz del Sur trafegava acima do limite de velocidade permitida para a via. “Segundo registros do GPS, o veículo ia a uma velocidade de 106 quilômetros horários quando a velocidade máxima permitida neste trecho da rodovia é 90 quilômetros/hora”, disse a jornalistas o gerente-geral da superintendência, Jorge Beltrán, destacando que a ocorrência será investigada.

Advogados da empresa Cruz del Sur, no entanto, já rebateram as declarações de Beltrán, afirmando que o GPS indica que o ônibus trafegava a uma velocidade entre 40 e 80 quilômetros/hora.

Ainda de acordo com a Sutran, o ônibus acidentado era novo, tendo sido fabricado em 2018. Todavia, a superintendência ainda não sabe o real estado do veículo e se problemas mecânicos ou de manutenção já conhecidos podem ter causado o acidente, já que o ônibus ainda não tinha passado pela revisão técnica veicular.

“Diante do lamentável fato ocorrido hoje em Arequipa, a Sutran ativou seus protocolos de intervenção imediata a fim de resguardar a segurança dos usuários”, informa a superintendência, em nota.