‘A democracia prevaleceu’, diz Biden em seu discurso de posse

Presidente pregou a união da população em primeiro discurso como presidente dos Estados Unidos

Comentar
Compartilhar
20 JAN 2021Por Gazeta de S. Paulo17h00
O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, durante seu discurso de posseFoto: PATRICK SEMANSKY/ASSOCIATED PRESS

Em seu primeiro discurso como presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, 78 anos, pregou a união da população americana e afirmou que "a democracia prevaleceu" em referência a sua vitória contra Donald Trump nas eleições.

“Aprendemos novamente que a democracia é preciosa. E agora, meus amigos, a democracia prevaleceu”, disse Biden na cerimônia realizada no Capitólio, nesta quarta-feira (20).

Durante o discurso, o 46º presidente eleito dos Estados Unidos saudou os seus antecessores presentes na cerimônia: Bill Clinton, George W. Bush e Barack Obama. Trump não participou da cerimônia de posse. "Sei da resiliência da nossa Constituição e da força de nossa nação", disse Biden. O presidente também ressaltou o fato de estar junto de Kamala Harris, a primeira vice-presidente negra da história.

O democrata reconheceu que o país atravessa um momento conturbado politicamente, mencionando a pandemia do novo coronavírus e seus prejuízos econômicos. "Poucas pessoas em nossa história viveram momentos mais difíceis do que o que estamos vivendo neste momento", disse.

Em seu apelo por união, Biden fez também uma defesa da boa política, afirmando que ela não precisa ser um "incêndio que destrói tudo a sua frente.

Kamala Harris

Antes de Biden ser empossado, a vice-presidente Kamala Harris, de 55 anos, foi empossada e se tornou a primeira mulher - e a primeira mulher negra- a ocupar o cargo no país.

A escolha de Kamala para integrar a chapa democrata foi vista como um aceno do partido às minorias, sendo ela mulher, negra e filha de imigrantes.

Lady Gaga e J-Lo

As cantoras Lady Gaga e Jennifer Lopez participaram da cerimônia de posse de Biden. Vestindo as cores de bandeira americana, azul-marinho e vermelho, Gaga cantou o hino nacional. Já Jennifer Lopez, interpretou "This Land is Our Land". Em sua performance, a artista emendou a música –que fala sobre os Estados Unidos serem uma terra de todos –com a canção "America the Beautiful" e recitou uma parte do juramento à bandeira americana em espanhol no trecho que diz "uma nação sob Deus, indivisível, com liberdade e justiça para todos".