X

Mongaguá

Circulação de veículos de tração animal e montarias é proibida em Mongaguá

Condutores de veículos, como charretes e carroças, terão de pagar 30 Ufesps (R$1.027,8) para a liberação dos veículos ilegais apreendidos

Da Reportagem

Publicado em 30/11/2023 às 20:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Para a liberação dos animais recolhidos, será necessário pagar 20 Ufesps (R$685,2) / Divulgação/PMM

Afim de preservar os direitos dos animais, a Prefeitura informa que, de acordo com a Lei 3.335/23, é proibida a circulação de veículos com tração animais nas vias públicas de Mongaguá.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Condutores de veículos, como charretes e carroças, terão de pagar 30 Ufesps (R$1.027,8) para a liberação dos veículos ilegais apreendidos, além dos encargos de remoção. Para a liberação dos animais recolhidos, será necessário pagar 20 Ufesps (R$685,2).

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Guarujá está entre os destinos turísticos mais procurados no Airbnb

Ubatuba e São Sebastião, no Litoral Norte, também estão entre as 10 cidades mais buscadas na plataforma de hospedagem

Polícia

Tarcísio nega volta da Operação Escudo após desaparecimento de PM

A informação da volta da operação tinha sido confirmada ontem pelo porta-voz da Polícia Militar, Emerson Massera

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter