SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Zona Azul volta a funcionar em Caraguatatuba

Atividade estava suspensa desde o início da pandemia da Covid-19

Comentar
Compartilhar
27 JUL 2020Por Mara Cirino18h30
Monitora confere placa de carro após retorno das atividadesFoto: DIVULGAÇÃO/PMC

A Zona Azul de Caraguatatuba voltou a operar nesta segunda-feira (27) após quatro meses suspensa. A liberação veio após a retomada das atividades comerciais, também paralisadas desde março de 2020.

Atualmente, são 1.800 vagas localizadas no Centro da cidade e devido à movimentação intensa a prefeitura autorizou o reinício das atividades.

Em Caraguatatuba, a Zona Azul funciona de segunda a sábado, das 9h às 18h e o valor por hora é de R$ 2,40 para carros e R$ 1,20 para motocicletas.

Quem deixa de colocar o bilhete está sujeito a multa no valor de R$ 195,23, considerada grave. A monitora colocam advertência de 15 minutos e após esse período o infrator pode ser autuado pelo agente de trânsito.

A Zona Azul de Caraguatatuba foi instituída em 6 de novembro de 2012, conforme artigo 24 da Lei Federal n° 9.503/97. Da receita arrecadada, 25,10% é destinada ao Fundo Municipal do Idoso.

O tíquete digital para o estacionamento rotativo pode ser adquirido com as monitoras, pontos de vendas credenciados ou pelo aplicativo na Google Play

A consulta do pagamento é feito por meio de verificação digital das placas pelos monitores uniformizados da Zona Azul.

Para Ana Luíza Vidal, 32 anos, o estacionamento rotativo é bom porque permite achar vagas com mais facilidade pelo Centro. “Se não tem vaga pelo Centro, temos de procurar lugares mais longe”, explica.

Já João Castro Godoi, 44 anos, preferia quando não havia cobrança. “Dificuldade maior é quando se está com pressa e precisa achar um ponto credenciado ou monitora”, aponta.