X

Itanhaém

Vamos ajudar? Banco de leite materno de Itanhaém precisa de doações

O alimento pode ser compartilhado para ajudar a salvar a vida de diversos bebês na UTI Neonatal

Da Reportagem

Publicado em 01/03/2024 às 22:32

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o bebê seja alimentado exclusivamente com leite materno até os seis meses de vida / Divulgação/PMI

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

O Centro Especializado na Saúde da Criança e da Mulher (CESCRIM) Paula Vegas, de Itanhaém, está com baixo estoque de leite materno e pede sua ajuda para conseguir conseguir se estabelecer. Sendo essencial para garantir o crescimento saudável dos bebês, este simples ato de amor, pode ajudar várias crianças recém-nascidas.

O leite materno é o único alimento nutricionalmente completo para o desenvolvimento do bebê. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o bebê seja alimentado exclusivamente com leite materno até os seis meses de vida, pois o alimento contém anticorpos e nutrientes que o protegem contra diversas doenças, contribuindo para um desenvolvimento saudável.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O alimento pode ser compartilhado para ajudar a salvar a vida de diversos bebês na UTI Neonatal. Para colaborar, basta fazer o cadastro de doadora no CESCRIM ou na Unidade de Saúde da Família (USF) mais próxima e receber o kit de autocoleta. As coletas são feitas em casa e retiradas semanalmente pela equipe do CESCRIM.

Mas é preciso atender alguns pré-requisitos para ser uma doadora, como testar negativo para o exame de Hepatite e VDRL; estar amamentando além de ser necessário manter hábitos saudáveis, não fazendo uso de cigarro, álcool e outras drogas, pois essas substâncias são altamente prejudiciais ao bebê.

Doação de leite materno: pediatra aponta os mitos e as verdades sobre a ação

O CESCRIM Paula Vegas está localizado na Avenida Tiradentes, 184, no Jardim Mosteiro, com atendimento de segunda a sexta-feira, das 7 às 17 horas. O telefone para contato é o (13) 3426-3197.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

PROTESTOS

Jogadoras protestam contra retorno de treinador acusado de assédio ao Santos

Kleiton Lima havia deixado o cargo em setembro de 2023, após ser acusado de assédio sexual e moral por 19 jogadoras; Santos recontratou profissional nesta terça

REGIÃO NORTE

Embarcação com vários corpos em decomposição é encontrado no Pará

A Polícia Federal já esta ciente do caso e as investigações já foram iniciadas

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter